Estiagem cessa, dá fôlego para produtor e boi em Britânia (GO) tem tendência de leve alta e com escalas de abate em 3 dias

Publicado em 11/02/2019 12:59 e atualizado em 11/02/2019 15:18
291 exibições
Boi a R$ 142/vista e vaca a R$ 138/prazo, de acordo com Balizador GPB que o pecuarista acompanha. Vacas também valorizadas na esteira do mercado de reposição.
Fábio Carneiro - Pecuarista

Podcast

Entrevista com Fábio Carneiro - Pecuarista sobre o Mercado do Boi Gordo

Download

LOGO nalogo

As chuvas voltaram para a região de Britânia em Goiás e aliviaram a situação enfrentada pelos pecuaristas. Após um acumulado de 200 milímetros na última semana, a expectativa é de que os pastos se recuperem e os produtores tenham um pouco mais de folego para segurar os animais por mais tempo.

“As pessoas foram descascando os lotes e matando menos nessa tentativa de dar uma aliviada nos pastos. As escalas dos frigoríficos continuam curtas, uma média de 2 a 3 dias, e uma tendência de leve alta com as férias escolares puxando um pouco o consumo. Com a volta das chuvas o pecuarista acaba voltando a segurar um pouco mais o boi no pasto”, explica Fábio Carneiro, pecuarista de Britânia/GO.

Atualmente, o mercado do boi na região oferece preços de R$ 142,00 para o boi a vista, um patamar de valores que anima os produtores locais. “Com essa tendência de leve alta a gente espera, quem sabe, dar mais uma subida. Essa é a nossa expectativa”, comenta Carneiro.

Confira a entrevista completa no vídeo.

Por: Giovanni Lorenzon e Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário