Em partes do MT, chuvas limitam trânsito de boi e confinamentos, elevando a expectativa de @ mais forte para março

Publicado em 20/02/2019 15:06 e atualizado em 20/02/2019 16:14
405 exibições
Na região, de Juara, @ a R$ 136/138 e expectativa de que chegue acima de R$ 140 em março. Do meio norte a Cuiabá, R$ 140 média desta quarta (20).Escalas encurtaram. Produtores do Norte e Noroeste lutam para que se aumente a concorrência, atraindo mais frigoríficos, até pelo aumento do número de invernistas com a chegada da lavoura.
Luiz Fernando Amado Conte - Vice-presidente Acrimat

Podcast

Entrevista com Luiz Fernando Amado Conte - Vice-presidente Acrimat sobre o Mercado do boi

Download

LOGO nalogo

Enquanto muitas áreas do Sudeste e Centro-Oeste registrarem seca em dezembro e janeiro que atuou para derrubar a oferta de bois nesse início de safra, algumas regiões do Mato Grosso estão recebendo chuvas volumosas nos últimos dias. Essa incidência pluviométrica já causa dificuldades no trânsito de boi e confinamentos, o que eleva a expectativa do mercado para uma arroba mais forte no estado a partir do mês de março.

“Estamos com bastante chuvas nos últimos dias com chuvas de 120/150 milímetros. Isso inviabilizou alguns municípios do Noroeste, de rebanhos expressivos dentro do Mato Grosso, fazerem a retirada desses animais com bastantes locais interditados por questões de chuvas e de pontes. O que a gente acompanhou nessas últimas semanas foi uma dificuldade bastante grande da indústria frigorifica de manter a escala deles de uma semana, ou oito dias, e uma pressão de alta no que temos acompanhado nessa semana”, diz Luiz Fernando Amado Conte - Vice-presidente Acrimat.

Confira a entrevista completa no vídeo.

Por: Giovanni Lorenzon e Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário