Cotações da @ do boi seguem estáveis há mais de 30 dias em pleno período de entressafra , o que acontece?

Publicado em 21/07/2021 12:42 e atualizado em 21/07/2021 16:57 1817 exibições
Caio Junqueira - Analista de Mercado da Cross Investimentos
Cenário para precificação da arroba do boi no segundo semestre deve ser diferente do verificado nos últimos dois anos, alerta Caio Junqueira

Podcast

Entrevista com Caio Junqueira - Analista de Mercado da Cross Investimentos sobre o Mercado do Boi Gordo

Logotipo Notícias Agrícolas

Em entrevista ao Notícias Agrícolas, o analista de mercado da Cross Investimentos, Caio Junqueira, destacou que os preços da arroba bovina seguem estáveis há mais de trinta dias. “Nós estamos observando uma estabilidade nos preços e as programações de abate estão confortáveis a nível nacional, em que atendo a média de uma semana e a maioria das escalas estão sendo compostas por animais de confinamento”, comentou. 

O levantamento do aplicativo da Agrobrazil apontou que 77% da composição das escalas dos frigoríficos está acima de uma semana no estado de São Paulo. “É importante destacar que 23% da composição está acima de 11 dias nas praças paulistas. Além disso, estamos acompanhando que a maioria dos boiteis contam com filas de espera e isso indica que vamos ter mais animais no mercado”, apontou.

Confira a média das escalas de abate nas principais regiões brasileiras 

Fonte: AgroBrazil

Escalas de abate dos frigoríficos a nível Brasil - Agrobrazil
Escalas de abate nas principais regiões produtoras do Brasil - Agrobrazil

O analista explica que os pecuaristas começaram a investir em grandes confinamentos e que a maioria dos pequenos confinamentos ficaram com as atividades suspensas. “Nas regiões próximas de Presidente Prudente/SP tem três grandes confinamentos e contam com filas de espera, mas no ano passado estavam apenas com 70% da capacidade operacional neste mesmo período”, informou.

A diária nos boiteis está ao redor de R$ 24,00 para um animal nelore pesando acima de 220 kg. “Como nos dois últimos anos tivemos bons preços pagos pela arroba, o pecuarista está buscando o confinamento para ter um incremento no faturamento neste ano”, ressaltou. 

Por:
Aleksander Horta
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário