Publicidade

Semana começa com pressão negativa sobre a arroba do boi em SP, mas recuo não deve se consolidar

Publicado em 26/07/2021 12:37 e atualizado em 26/07/2021 16:36 1649 exibições
Ricardo Viacava - Diretor da CV Nelore Mocho
Mercado de touros ganha ritmo e temporada de vendas tem maior liquidez nos últimos tempos

Podcast

Entrevista com Ricardo Viacava - Diretor da CV Nelore Mocho sobre o Mercado do Boi Gordo

Logotipo Notícias Agrícolas

As indústrias frigoríficas no estado de São Paulo iniciaram a semana testando novos preços para arroba já que as escalas de abate seguem em patamares confortáveis. De acordo com o Diretor da CV Nelore Mocho, Ricardo Viacava, o mercado do boi passa por um período de queda de braço entre os pecuaristas e frigoríficos, principalmente nos estados de São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul. 

Publicidade

“Com a ocorrência das geadas nas últimas semanas, as indústrias frigoríficas aproveitaram para pressionar os valores da arroba. Na semana passada, eu vendi animal ao redor de R$ 320,00/@ e nesta semana já tem oferta de R$ 315,00/@. Eu acredito que esse cenário não vai durar muito tempo já que a oferta de animais segue restrita”, comentou. 

O pecuarista acredita que é uma pressão momentânea nos valores da arroba, pois com as geadas os produtores aproveitaram para desovar os animais da propriedade. “Pode ter aparecido um pouco mais de oferta de animais no mercado, já que muitos pecuaristas ficam receosos de faltar comida nos próximos meses”, informou. 

Com relação ao mercado de reposição, Viacava destacou que os preços apresentaram leves recuos na semana anterior. “Os fatores climáticos acabaram impactando os negócios da reposição no estado de São Paulo, mas em outras localidades já começaram a apresentar valorizações, como é o caso do Pará”, disse em entrevista ao Notícias Agrícolas.

Por:
Aleksander Horta e Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário