Agrifatto traça cenários para o segundo semestre e destaca condições que fariam @ do boi buscar patamares entre R$340 e R$350

Publicado em 27/07/2021 12:31 e atualizado em 27/07/2021 18:03 2376 exibições
Yago Travagini Ferreira - Analista de Mercado da Agrifatto
Exportações de julho mostram que interesse internacional pela carne bovina brasileira segue aquecido e movimento pode se manter ao longo do último semestre

Podcast

Entrevista com Yago Travagini Ferreira - Analista de Mercado da Agrifatto sobre o Mercado do Boi Gordo

Logotipo Notícias Agrícolas

A expectativa do mercado é que os preços da arroba do boi gordo podem alcançar os patamar dos R$ 340,00/@ a R$ 350,00/@ no segundo semestre. A Agrifatto aponta que esses patamares de preços podem ocorrer entre os mês de outubro e novembro com os preparativos para as festas de final de ano.

Segundo o Analista de Mercado da Agrifatto, Yago Travagini, o câmbio pode contribuir para a valorização da arroba no mercado físico. “Caso o dólar registre um novo incremento nas próximas semanas, os preços do boi podem ser influenciados e ter novas altas. Com o dólar elevado a competitividade da carne brasileira fica mais atrativa”, destacou. 

As exportações de carne bovina no mês de julho devem registrar o melhor desempenho do ano e o segundo semestre deve seguir com embarques aquecidos. “A China continua comprando bons volumes da carne brasileira e pagando preços melhores. Nós estamos conseguindo explorar mercados que pagam mais pela carne e países que pagam menos, como Egito, Argélia e Rússia, estão comprando de outros locais ”, comentou. 

O consumidor perdeu o poder de compra durante a pandemia e ficou mais difícil escoar a produção no mercado interno, mas a tendência é que os preços comecem a registrar novas altas. “Agora estamos observando que os preços da carne bovina estão registrando valorizações consecutivas, porém em janeiro essa diferença entre a carne bovina e o boi gordo estava ainda maior”, apontou. 

Atualmente, os preços médios para a carne no varejo estão ao redor de R$ 41,30/kg no estado de São Paulo. “Na minha opinião, os preços da carne não tem muito espaço para recuar no mercado e a tendência segue de alta até o final do ano. Isso deve ajudar nos preços da arroba no final do segundo semestre”, concluiu. 

Por:
Áleksander Horta e Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário