Boi: maior parte das indústrias segue fora das compras e quem ofertou , ofereceu R$300/@ com possibilidade de revisão

Publicado em 08/09/2021 12:37 e atualizado em 08/09/2021 14:33
Douglas Coelho - Sócio da Radar Investimentos
Precificação da arroba deve ser retomada de forma integral, apenas na semana que vem, acredita Radar Investimentos

Podcast

Entrevista com Douglas Coelho - Sócio da Radar Investimentos sobre o Mercado do Boi Gordo

Logotipo Notícias Agrícolas 

As grandes indústrias frigoríficas seguem fora das compras nesta quarta-feira (08) diante dos acontecimentos de dois casos atípicos de ‘vaca louca’ no Brasil. Por outro lado, outras indústrias iniciaram as operações de compra ofertando valores próximos de R$ 300,00/@ no estado de São Paulo. 

De acordo com o Sócio da Radar Investimentos, Douglas Coelho, é natural esse movimento de queda nos preços da arroba após diversas informações. “É preciso acompanhar como será o movimento das indústrias com as compras de matéria prima, mas acreditamos que as referências devem ficar abaixo dos R$ 300,00/@ já que precisam organizar as escalas de abate”, comentou. 

Com relação à demanda externa, o consultor destaca que o caso atípico de vaca louca deve impactar os embarques de carne bovina para a China. “A demanda chinesa se tornou muito representativa no final de 2019, mas os compradores ainda continuam reféns do produto brasileiro já que a Argentina suspendeu os embarques e os demais países não têm volume suficiente para atender a demanda”, reportou. 

Os preços da carne no atacado ficaram mais estáveis nos últimos dias e as referências estão em torno de R $18,92/kg. “A carne continua estável, mas podemos observar leves desvalorizações nos próximos dias é um comportamento natural a carne sentir o impacto neste primeiro momento”, comentou em entrevista ao Notícias Agrícolas. 

Por:
Aleksander Horta e Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário