Mercado do boi aguarda volta da China, mas e quando isso acontecer, como fica a precificação da arroba?

Publicado em 25/10/2021 12:05 e atualizado em 25/10/2021 14:20 3936 exibições
Thiago Bernardino de Carvalho - Pesquisador do Cepea
O pesquisador do Cepea não espera uma correção imediata nos preços da arroba e reação vai depender da voracidade da China nas compras

Podcast

Entrevista com Thiago Bernardino de Carvalho - Pesquisador do Cepea sobre o Mercado do Boi Gordo

Logotipo Notícias Agrícolas

Em entrevista ao Notícias Agrícolas, o pesquisador do Cepea, Thiago Bernardino de Carvalho, reportou que o mercado pecuário segue à espera da retomada da China das compras de carne bovina. “Nós estamos quase 60 dias com a ausência da potência asiática nos embarques de carne bovina. Isso está trazendo uma angústia para toda a cadeia em que os comerciantes estão com produtos estocados e sem saber se a carga que foi enviada para a China vai voltar para o mercado interno”, informou. 

Quando a China retomar as importações de carne bovina brasileira vai ser preciso saber quanto vai estar disposta a comprar. “A China vai voltar a importar o produto brasileiro dentro de alguns meses,  já que ela precisa da proteína devido aos casos de peste suína africana no rebanho de suínos”, destacou Bernardino. 

Com a queda do indicador do boi gordo de 10% em outubro, os pecuaristas estão desestimulados em investir no setor com os custos de produção elevados. “Alguns produtores já estão atentos a essa questão de sanidade, como a vacinação da febre aftosa, que já começou a subir os preços. Os produtores também estão revendo a questão da estação de monta e isso pode influenciar toda a produção dos próximos anos”, comentou. 

Por:
Aleksander Horta e Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário