Carnes: Cortes do dianteiro são os mais pressionados e cotações recuam 17% em pouco mais de um mês, traseiro perde 3,5%

Publicado em 26/10/2021 12:33 e atualizado em 26/10/2021 14:39 2455 exibições
Fernando Henrique Iglesias - Analista da Safras & Mercado
A continuidade da pressão sobre a carne no atacado tende a refletir na precificação da @ do boi que em SP já está em R$260

Podcast

Entrevista com Fernando Henrique Iglesias - Analista da Safras & Mercado sobre o Mercado do boi Gordo

Logotipo Notícias Agrícolas 

Os cortes de carne bovina no atacado já começam a registrar desvalorizações expressivas, principalmente as peças de dianteiro e ponta de agulha que tiveram uma queda de 17% durante um mês. Na semana passada, o preço do boi casado estava próximo de R$ 17,00/kg, e hoje, está ao redor de R$ 16,80/kg.

De acordo com o analista da Safras & Mercado, Fernando Henrique Iglesias, as indústrias frigoríficas estão dando preferência para escoar os cortes de dianteiro no mercado interno. “Os cortes de dianteiros têm preços mais acessíveis à população, por isso as indústrias estão dando preferência por escoar no mercado doméstico.  Os cortes de traseiro tiveram uma queda nos preços de 3,5% dentro de um mês”, destacou. 

Com relação a retomada da China às compras de carne bovina, o analista reforça que por enquanto existem muitos boatos e que não tem nada de concreto até o momento. “Os rumores servem para motivar as altas no mercado pecuário, mas ainda faltam elementos que confirmem as informações de que a China voltará a importar em novembro ou dezembro deste ano”, informou. 

Já no mercado físico, as referências da arroba recuaram na praça paulista e o valor médio está próximo de R$ 265,00/@. “Diante desse cenário, recuperar o patamar de R$ 300,00/@ está cada vez mais complicado ainda neste ano. Não tem ninguém ganhando neste mercado em que os custos seguem elevados para os pecuaristas e as indústrias estão com estoques parados à espera da China”, comentou ao Notícias Agrícolas. 

Por:
Aleksander Horta e Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário