Geada do final de semana foi a mais forte desde 1994 em Muzambinho/MG e prejuízos podem se estender por até 3 safras

Publicado em 09/07/2019 10:53 e atualizado em 09/07/2019 14:03
1592 exibições
Produtores ainda buscam quantificar total de área atingida pela geada e tamanho do prejuízo. Áreas com geada de cobertura devem ser analisadas ainda esta semana e definição sobre geada de canela somente após 30 dias.
Rodrigo Machado - Presidente do Sindicato Rural de Muzambinho/MG

Podcast

Entrevista com Rodrigo Machado - Presidente do Sindicato Rural de Muzambinho/MG sobre o Acompanhamento de Safra do Café

Download

LOGO nalogo

As áreas de café em Muzambinho em Minas Gerais foram atingidas pela geada deste último final de semana. O levantamento da área atingida e o tamanho dos prejuízos ainda estão sendo levantados pelos produtores.

Segundo Rodrigo Machado, presidente do Sindicato Rural de Muzambinho/MG, esta possivelmente foi a geada mais severa na região desde 1994 e os impactos para as lavouras vão começar a ser sentidos na próxima safra e se estender por até mais três ciclos.

Com a possibilidade de mais geadas atingirem Muzambinho durante este inverno, os produtores esperam que o mercado reaja à essas perdas e reflita com aumento de preços para a venda do café.

Confira a entrevista completa com o presidente do Sindicato Rural de Muzambinho/MG no vídeo.

Geada Café Muzambinho

Geada Café Muzambinho

Geada Café MuzambinhoGeada Café MuzambinhoGeada Café MuzambinhoGeada Café MuzambinhoGeada Café MuzambinhoGeada Café MuzambinhoGeada Café MuzambinhoGeada Café Muzambinho

Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário