Tecnologia: Cecafé e Serasa Experian firmam parceria para mitigar riscos no mercado cafeeiro

Publicado em 18/08/2021 15:44 653 exibições
Marcos Matos - Diretor Geral do Cecafé
Marcos Matos, diretor geral do Cecafé, comenta que há sim certa preocupação com os embarques no longo prazo, mas que Cecafé busca soluções para driblar gargalos logísticos que atinge toda a cadeia produtiva

Podcast

Plataforma para mitigar riscos nas compras de café


Nos últimos anos, o advento das novas tecnologias e suas constantes evoluções trouxeram dinamismo e fortalecimento ao mercado cafeeiro. Mantendo sua gestão moderna e contemporânea, o Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé) firmou parceria com a Serasa Experian para a utilização de uma plataforma que visa trazer proteções adicionais aos contratos futuros e a termo de café, como forma de instrumento de mercado de longo prazo, a qual agrega liquidez, previsibilidade, sustentabilidade e mitigação de riscos à cafeicultura.

“A plataforma, desenvolvida em total conformidade com as legislações vigentes de proteção de dados, de defesa da concorrência e de proteção de crédito, visa reduzir a assimetria de informações e dar mais segurança ao instrumento de mercado futuro, buscando gerar inteligência mercadológica para uma melhor gestão de riscos nas tomadas de decisões, gerando benefícios a todos os segmentos da cadeia produtiva”, explica Marcos Matos, diretor geral do Cecafé.

Segundo o diretor do DataLab e responsável pelas ações voltadas ao agronegócio da Serasa Experian, Marcelo Pimenta, “o Brasil é o maior exportador de café do mundo?e os?traders?precisam ter uma visibilidade melhor da reputação e dos riscos contratuais e de produção de seus fornecedores.?Por isso queremos ser o principal parceiro a trazer dados para facilitar o acesso a crédito e novos negócios no mercado futuro”.

Os executivos afirmam que a iniciativa trará mais equilíbrio à saúde financeira do mercado e de seus atores, da produção ao comércio, haja vista que, com vendedores e compradores honrando os compromissos firmados, cria-se um cenário positivo e proativo que possibilita que os produtores permaneçam realizando barter – troca de café por insumos ou maquinários – e tendo acesso aos créditos diversos, como do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) e das demais linhas de financiamento, inclusive de forma antecipada.

As informações incluídas na plataforma, que será operada exclusivamente pela Serasa Experian, serão fornecidas por associados do Cecafé que aderirem ao projeto, atendendo, de maneira rigorosa, a legislação pátria, especialmente a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), quando aplicável.

“O Cecafé reforça que, em parceria com os demais segmentos e entidades cafeeiras do país, continuará empenhando esforços para encontrar soluções que mitiguem riscos e garantam a sustentabilidade, a renda e a competitividade de todo agronegócio café do Brasil”, conclui Matos.

Confira a entrevista completa no vídeo acima

 

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário