Conilon: Indústria diminui ritmo de compra, produtor espera por preços mais atrativos e ações travam mercado

Publicado em 21/10/2021 15:57 1428 exibições
Fernando Maximiliano - Analista de Café da StoneX
No Brasil, setor observa impasse entre produção e indústria, enquanto em Londres cenário é de estabilidade

Podcast

Entrevista com Fernando Maximiliano - Analista de Café da StoneX sobre o Café Conilon

Logotipo Notícias Agrícolas 

O mercado futuro do café tipo conilon encerrou as negociações desta quinta-feira (21) com ajustes técnicos para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). + Produção X indústria: Após atingir preços acima de R$ 800,00/saca, café conilon recua e gera impasse entre os setores


Novembro/21 teve alta de US$ 1 por tonelada, valendo US$ 2116, janeiro/22 registrou alta de US$ 4 por tonelada, cotado a US$ 2135, março/22 teve alta de US$ 2 por tonelada, valendo US$ 2095 e maio/22 teve alta de US$ 4 por tonelada, valendo US$ 2068.

O mercado de conilon, na Bolsa de Londres, registra vem desenhando uma semana de poucas variações. De acordo com Fernando Maximiliano, analista de mercado da Stonex, o setor agora aguarda pela chegada da safra do Vietnã - maior produtor de café tipo conilon do mundo. Além disso, após a alta associada também à valorização do arábica, o cenário é estabilidade. 

No Brasil, o mercado interno chamou atenção do setor nos últimos dias. Após atingir preços acima dos R$ 800,00/saca, o mercado recuou nos últimos dias e acendeu um alerta no setor. Por outro lado, a indústria alega não conseguir mais arcar com o custo da matéria-prima nos preços atuais e diminui seu ritmo de compra. 

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário