Falta de chuva penaliza lavouras de trigo em Londrina-PR e os plantios ocorridos a partir de maio registram maiores perdas

Publicado em 11/08/2017 13:42
350 exibições
O excesso de chuva atrasou o início do plantio e muitas lavouras acabaram ficando expostas ao risco da falta de chuva no PR
Confira a entrevista com Cristina Queiroz - Rural Tecnologia

LOGO nalogo

Nesta sexta-feira (11), o Crop View destaca a safra de trigo no Paraná. De acordo com as análises de Cristina Queiroz, da Rural Tecnologia, quem plantou um pouco mais tarde enfrentou problemas mais expressivos em função da falta de água.

A região analisada foi a região de Londrina (PR), na qual o ciclo começou com muitas chuvas, mas começou a sofrer um déficit hídrico no final de junho e início de julho.

Assim, para um plantio em 20 de abril, considerando um ciclo de 140 dias e um potencial de 70 sacas por hectare, a produtividade atual está em 80%, com previsão de 77% na colhita.

Já para quem plantou em 02 de maio, com ciclo de 130 dias e potencial de 75 sacas por hectare, a produtividade é de 60% neste momento e de 58% na colheita. Estes valores são baseados em uma média do município, podendo variar de propriedade para propriedade.

Os meses de agosto, setembro e outubro também apontam para chuvas abaixo da média na região. Agosto deve ter um desvio de -85% do padrão normal de chuvas, enquanto setembro, de -31% e outubro, de -26%.

Por: Aleksander Horta e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário