Mapas mostram condições mais favoráveis às chuvas a partir de 20 de setembro em boa parte do país

Publicado em 12/09/2017 15:51 e atualizado em 12/09/2017 18:47
10123 exibições
Mas Inmet recomenda cautela para o início do plantio pois as primeira chuvas ainda podem ser irregulares

LOGO nalogo

A partir do dia 15 de setembro, o plantio da nova safra de verão será liberado em várias regiões produtoras. Entretanto, a dúvida é se as chuvas suficientes para atender às necessidades de plantio irão chegar às áreas produtivas.

De acordo com um mapa demonstrado por Mamedes Luiz Melo, meteorologista do Inmet, as condições atuais apontam para uma massa de ar seco bastante densa, que inibe chuvas em Goiás, Mato Grosso, Tocantins, Minas Gerais, São Paulo e Mato Grosso do Sul. Por outro lado, o sul do Amazonas e o norte de Roraima recebem maior nebulosidade e começam a querer enfraquecer essas massas em conjunto com a frente fria que se apresenta na região Sul.

O mapa de chuvas de 24h para hoje indica precipitações no norte de Rondônia e manchas no oeste do Mato Grosso. Essas chuvas são pontuais e irregulares até o momento. A estação chuvosa deve se configurar apenas na segunda quinzena de setembro.

De acordo com os modelos americanos, de 12 a 20 de setembro não devem cair chuvas volumosas, que devem concentrar-se apenas nos extremos do país. De 20 a 28, há uma grande mudança no cenário: as chuvas devem chegar às demais regiões, inclusive São Paulo e Rio de Janeiro, com o enfraquecimento da massa de ar seco.

O trimestre aponta para a região Norte entrando em sua estação menos chuvosa, enquanto a região Centro-Norte e parte do Nordeste apresentam probabilidade de chuvas abaixo da média e Santa Catarina e Rio Grande do Sul, chuvas acima da faixa normal.

mapa-1 - Mamedes Luiz Melo - 12/09/17

 

Por: Aleksander Horta e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário