DA REDAÇÃO: Soja deve alcançar os US$13,40/ bushel em Chicago até final de março, acredita operador

Publicado em 25/01/2012 13:43 e atualizado em 26/01/2012 09:14 1706 exibições
Grãos: Quebra de safra na América do Sul e expectativa de demanda chinesa firme em 2012 devem sustentar preços em patamares elevados. Para operador de mercado, soja deve alcançar os US$13,40/ bushel e milho US$ 6,70/bu até final de março.
Em 2012, o mercado de grãos tende a se manter sustentado para alta diante da quebra de safra na América do Sul e da expectativa de demanda chinesa firme ao longo do ano. Para operador de mercado, Liones Severo, a cotação da soja deve alcançar o patamar dos US$13,40/ bushel em Chicago e o milho deve subir para  US$ 6,70/bushel até o final de março. De acordo com ele, os estoques são insuficientes para atender a demanda. 

A China está fora das compras nesta semana em função do feriado do Ano-Novo Lunar no país. Entretanto, dados comprovam que nos últimos três meses de 2011 a demanda se manteve aquecida, sendo que o país importou cerca de 15 milhões de toneladas de grãos no período. Se a tendência prevalecer, a média anual pode alcançar até 60 milhões de toneladas. "Eu diria um pouco menos, mas a importação com certeza será maior do que o ano que passou", enfatiza.

As perdas na produção sul-americana já alcançam 12 milhões de toneladas até o momento. Com a soma das 7 milhões de toneladas de quebra nos Estados Unidos, os preços têm suporte suficiente  para subir de forma expressiva. "Além do mais, nós estamos vivendo um ciclo de quatro anos e, desde 1972, esses ciclos perfomaram preços de excesso. Os últimos anos foram 2004 e 2008 e agora estamos 2012. Já estamos vivendo uma situação também de redução de suprimentos e isso com certeza vai elevar os preços de todas as commodities", afirma.

Por:
João Batista Olivi e Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Luiz Farias Toigo Porto Alegre - RS

    Beleza, Liones muito bom. Abracos, Farias Toigo

    0