ENTREVISTA: Confira a entrevista com Luis Carlos Heinze - Dep. Fed. PP-RS

Publicado em 02/03/2011 14:29 1530 exibições
Código Florestal: enquanto agricultores são multados nas zonas rurais por usarem as APPs para produzir alimentos, as cidades jogam esgotos nos rios impunemente. Em Brasília, bancada ruralista pressiona para votação da nova legislação.

15 comentários

  • Humberto Diana Juína - MT

    Caso a CNA e as FEDERAÇÕES não tomarem providências urgente, as ONGS vão nos engolir e vamos ficar somente com o caroço da conta, temos que invadir BRASILIA ou seremos dominados por elas e pelos AMBIENTALISTAS´, vamos acordar RURALISTAS, vamos ter que ser pior que o PT de radicais nesse momento.

    0
  • Claudio Luiz Galvão Cuiabá - MT

    Muitos agricultores querem manifestar seu apoio, porem lhes falta o conhecimento para elaborar uma carta, um abaixo assinado em favor do relatório do deputado Aldo Rebelo.

    Ficaria muito mais fácil se através deste canal e com o empenho de nosso Amigo João Batista, fosse elaborado um abaixo assinado ou uma carta ao Congresso, onde o Produtor Rural pudesse apenas assinar e enviar ao Congresso, pois se deixarmos por conta dos produtores, todos querem e sabem que precisam fazer alguma coisa, só não sabe como fazer!!!

    e se depender de ir a Brasilia a maioria vai alegar que não pode deixar seus afazeres, ou não tem dinheiro para ir nesta manifestação, e pior não ter certeza de que dia vai ser discutido e votado o relatório, pois todo dia mudam o prazo de votação.

    Não sei como mas a CNA, as Federações e os Sindicatos tem que nos ajudar e isso tem que ser feito para ontem, pois as ONGS já estão fazendo isto, e nós aqui, querendo fazer algo e sem saber como começar...

    João por favor coloque este assunto em pauta no seu programa, chame a CNA e as Federações para dar inicio a este imenso "MANIFESTO RURAL".

    A hora é agora......

    0
  • Lucas Alexandre Pavani Jaboticabal - SP

    Muito Obrigado João Antonio, precisamos mesmo defender a nossa agricultura, sem medo de enfrentar os desafios.

    Fazemos isso não pensando apenas em nos agricultores, mais sim a toda HUMANIDADE do mundo, que esta precisando de alimentos.

    Não podemos aceitar sermos chamados de BANDIDOS de braços cruzados, essa Guerra é NOSSA, e nos produtores precisamos nos unir, e com muita FÉ EM DEUS, iremos conseguir...

    Não vamos nos desanimar...

    Um Grande Abraço a Todos....

    0
  • Joao Antonio Ferreira da Motta Candido Mota - SP

    Parabéns Lucas pelo seu comentário, é isto que nos falta, produtores e lideranças terem a coragem e a honra de se manifetar a favor da votação do projeto Aldo Rebelo, defender esta posição, é ser cidadão, defender a soberania nacional e deixar de cometer injustiças contra os heróis do campo que carregam este país nas costas e alimentam as custas do seu suor milhões de brasileiros.

    0
  • Lucas Alexandre Pavani Jaboticabal - SP

    Realmente não é justo o nós agricultores estamos passado.

    A gente que cuida tão bem do Meio Ambiente, preservamos as nascentes e rios, aplicamos o sistema do Plantio Direto para reduzir a poluição e evitar as erosões no solo, procuramos usar produtos biológicos que não agridem o Meio Ambiente e nem a qualidade dos alimentos, estamos trabalhando no sistema de Colheita Mecanizada na cana-de-açúcar para evitar-mos as queimadas, ou seja, tentamos produzir alimentos de maneira sustentável.

    Mais mesmo com todos esses benefícios, ainda somos considerados como BANDIDOS e DESTRUIDORES DO MEIO AMBIENTE.

    Isso é um ABSURDO, pois ninguém esta enxergando o quanto os Agricultores são importantes para a HUMANIDADE, ninguém para pra pensar de onde vem o pão de todas as manhãs e nem o arroz e feijão do almoço.

    Será que vamos ter que parar de plantar para a HUMANIDADE sentir na pele a falta que um AGRICULTOR faz??

    As florestas são muito importantes para a nossa vida, pois são elas que liberam o oxigênio para podermos respirar, que na qual é realizado no processo da Fotossíntese.

    Por isso o nosso País é muito rico em Florestas e Rios, temos a maior Mata Do Mundo.

    Mais NINGUEM DA HUMANIDADE CONSEGUE SOBREVIVER ALIMENTANDO-SE DE CASCA E FOLHAS DE ÁRVORES.

    A HUMANIDADE precisa de ALIMENTO, e precisamos ALMENTAR A PRODUÇÃO DE ALIMENTO, pois o numero de pessoas vem aumentando ano à ano.

    É só parar para pensar, se nós AGRICULTORES deixarmos de plantar 20% das nossas terras produtivas para RESERVA LEGAL, CONCERTEZA FALTARA ALIMENTO, E A HUMANIDA IRÁ PASSAR FOME.

    Então Dep. Federais e Senadores, peço em nome de todos os AGRICULTORES do nosso País.

    “De um pouco mais de valor aos PRODUTORES DE ALIMENTO”

    Lucas Alexandre Pavani

    0
  • Joao Antonio Ferreira da Motta Candido Mota - SP

    Concordo plenamente, exemplo desta realidade é o rio tiete em São Paulo, nasce puro, passa pela capital é totalmente destruido pela população urbana, caminha para o interior, a zona rural o recupera e devolve a poulação totalmente recuperado, pronto para pesca, navegação e lazer. Cadê APP de 30 metros, crime ambiental! Isto é discriminação com o produtor rural brasileiro, estão tratando como bandido o "verdadeiro herói " deste país. Chega de injustiça, vamos votar já a proposta do Dep. Aldo Rebelo.

    0
  • JOSE ROBERTO REZENDE Três Corações - MG

    concordo com voce, Mariomisawa, e um bom dia.

    Como fazer o congresso ver dessa forma? abraços.

    0
  • JOSE ROBERTO REZENDE Três Corações - MG

    Bon dia, Eduardo Soave.

    Concordo e endosso seu comentário. Gostaria de saber quando essa lei sera aplicada no meio urbano. Vemos que as desgraças ocorrem nas cidades. Nunca houvi falar ou de ter acontecido tamanha tragédia no meio rural. Abraços......

    0
  • JOSE ROBERTO REZENDE Três Corações - MG

    Bom dia Humberto Diana.

    Acredito que não precisaremos chegar a esse ponto, caso contrario, podemos viver um causo nunca visto nesse país. abraços......

    0
  • JOSE ROBERTO REZENDE Três Corações - MG

    Bom dia, JACQUES N. PORTO.

    Concordo plenamente com voce, só não entendo,ou melhor, não consigo acreditar a relação do Congresso com as ONGS. Quantos membros do congrsso fazem parte e/ou usam das ONGS?

    um abraço

    0
  • Mario Hisashi Misawa Estrela do Sul - MG

    Se o Código Florestal não for corrigido(por que se não tiver um bom-senso é como colocar os dez mandamentos ao pé da letra e levarmos todos para a fogueira) ela deve ser aplicado primeiro nas áreas de maior impacto por metro quadrado que são as cidades.

    Cidades como São Paulo e Curitiba e tantas outras que até cobriram áreas de rios DEVERIAM URGENTEMENTE(vamos dar uns 5 anos)serem corrigidos, e não vamos esquecer do aterro do Flamengo.

    Para isso vamos colocar um imposto para cada cidadão pagar a sua parte da localidade a que pertence.

    A zona rural desconsiderando alguns excessos são áreas de menor impacto ambiental , quase sempre protegida pelos produtores rurais, que além de estar noite e dia lutando pela produção de alimentos ama aquilo que faz e ama a sua terra.

    Toda a área de preservação é um dever de todo o cidadão - é um dever do estado e o estado deveria comprar essas áreas dos produtrores e cuida-las como se dele fosse - como de fato o é.

    mariomisawa

    0
  • Eduardo Soave Rio - SP

    O agricultor brasileiro tem que fazer valer seus direitos, e no mínimo mostrar quanto custa cumprir seus deveres. O aumento das áreas de preservação é aumento de custo direto para a agricultura, e quando o preço final do alimento aumenta, a população fica indignada como as elevações. A população tem que escolher. Ou temos uma lei justa de preservação ambiental, sem exageros, ou a população paga o preço.

    Do mais, sobre a bandeira de estar defendendo o meio ambiente, é simples impor um exagero de regras ambientais aos agricultores, assim as explorações imobiliárias urbanas continuam impunes, derespeitando as áreas de preservação, continuando a ocultar nascentes, construindo em áreas de reserva (morros, beiras de rio, etc.).

    0
  • Humberto Diana Juína - MT

    Será que chegou o momento do campo cruzar os braços e deixar de produzir, acho que vamos ter quer chegar a esse radicalismo para que possam nos ouvir.

    0
  • JACQUES NOGUEIRA PORTO CARLOS CHAGAS - MG

    A polêmica em torno da mudança no Código Florestal Brasileiro ainda vai durar por muito tempo... Realmente, a solução não está próxima, pois ambos os lados precisarão ceder para que o entendimento possa ser alcançado a contento, tanto para os produtores rurais, quanto para os ambientalistas, e para toda a sociedade brasileira, de maneira geral, que precisa DE FATO participar mais deste debate e deste "embate", pois está em jogo muito mais do que parece!

    0
  • JOSE ROBERTO REZENDE Três Corações - MG

    Sou Eng. Agron. e produtor rural, achei muito pertinente essa posição do Dep. Heinze, deveríamos sim, nos mobilizar quanto esse codigo florestal. Como diz Boris "isso é uma vergonha". Não podemos trabalhar nessa insegurança por conta de algumas ONGS, isso nos faz pensar que este PAÍS não tem dono e que ninguem olha por Ele. HOJE SOU UMA PESSOA DEFICIENTE, TENHO TRAQUEOSTOMIA, impossibilitando de falar ao publico, mas gostaria muito estar no Congrsso e poder gritar bem alto "a força da terra"

    para que nossa povo entenda melhor a situação. Deixo um grande abraço ao Dep. Heinze e ao jornalista João Olive, uma pessoa que adimiro muito e amigo do produtor. Que Deus esteja conosco nessa luta.

    0