Preço dos ovos cai na primeira quinzena de maio contrariando expectativas do mercado

Publicado em 14/05/2021 16:22 1044 exibições
Heloísa Xavier - Diretora da Jox Assessoria Agropecuária
Especialista aponta excesso de oferta e demanda consumidora enfraquecida; custos de produção deixam avicultor no prejuízo

Podcast

Entrevista com Heloísa Xavier - Diretora da Jox Assessoria Agropecuária sobre o Mercado dos Ovos

Download

LOGO nalogo

A expectativa do avicultor de postura de melhora nos preços na primeira quinzena de maio foi frustrada, de acordo com a diretora da Jox Assessoria Agropecuária, Heloisa Xavier. Nem a entrada da massa salarial e a celebração do Dia das Mães contribuiu para aquecer a demanda na ponta consumidora. 

"Há um excesso de oferta de produto e uma demanda enfraquecida. A população está descapitalizada, e este excedente está presente desde o setor produtivo até os canais de distribuição que não conseguem fazer a mercadoria girar com rapidez, mesmo com as promoções", disse.

Segundo a especialista, ao final desta primeira quinzena houve uma queda de 3,64% no preço da caixa com 30 dúzias de ovos, com média de preço de R$ 106,00 (referência São Paulo). Esta cotação do produto já coloca o avicultor de postura em situação de prejuízo, uma vez que a saca de 60kg de milho rompeu a casa dos R$ 100,00. 

"O custo de produção para uma caixa com 30 dúzias hoje é em torno de R$ 120,00 a 135,00, e não há sinalização de que os custos devam ceder tão cedo. Sendo assim, é preciso que o produtor enxugue a produção, descartando as poedeiras para que, lá na frente, isso surta efeito nos preços", apontou.

 

Por:
Letícia Guimarães
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário