Suinocultor paulista tem prejuízo recorde de R$ 325,00 por animal vendido

Publicado em 17/05/2021 15:08 3221 exibições
Valdomiro Ferreira - Presidente APCS
Com base nos custos de produção, animal deveria ser vendido a R$ 14,00 o quilo, valor distante do atualmente praticado, R$ 6,40 o quilo vivo

Podcast

Entrevista com Valdomiro Ferreira - Presidente APCS sobre o Mercado dos Suínos

Download

LOGO nalogo

No Estado de São Paulo, o suinocultor que comercializa os animais no mercado independente está amargando um prejuízo de cerca de R$ 325,00 por animal vendido, segundo o presidente da Associação Paulista de Criadores de Suínos (APCS), Valdomiro Ferreira. Segundo ele, este valor representa um recorde na suinocultura paulista.

+ Preço do suíno no mercado independente derrete com fraca demanda interna

+ Suínos: custos de produção voltam a aumentar em abril, puxado pelo preço do milho a mais de R$ 100/sc

Ferreira explica que o atual preço do suíno no mercado independente do Estado, R$ 120,00 por arroba ou R$ 6,40/kg vivo, consegue comprar 1,14 saca de 60kg de milho, quando a relação de troca ideal seria uma arroba para 2,5 sacas do cereal.

"Sendo assim, o preço ideal de venda do suíno para cobrir os custos de produção seria de R$ 262,50 a arroba ou R$ 14,00 o quilo vivo, valores que estão longe do atual. Se isso perdurar por mais algumas semanas, o suinocultor vai perder ainda mais a capitalização", disse.

Entre os motivos para o derretimento dos preços no mercado interno, Ferreira cita a redução dos recursos financeiros da população, o que dificulta a aquisição da proteína ou um repasse dos custos de produção nos preços para a ponta final. "Se esperava que esta primeira quinzena de maio os preços fossem melhorar, mas para a suinocultura é como se o mês nem tivesse virado", afirmou. 

 

 

 

Por:
Letícia Guimarães
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário