Abitrigo alerta para queda no consumo de derivados e dificuldades logísticas, mas enxerga resolução após ações do governo

Publicado em 27/03/2020 10:43 e atualizado em 27/03/2020 11:34 1112 exibições
Rubens Barbosa - Presidente-Executivo da Abitrigo
Presidente da associação acredita que medidas que estão sendo tomadas pelo governo devem destravar o fluxo dos caminhões e reestimular o consumo na ponta final da cadeia

Podcast

Abitrigo alerta para queda no consumo de derivados do trigo e dificuldades logísticas para entrega da farinha

Download

LOGO nalogo

A cadeia do mercado brasileiro de trigo está sentindo os reflexos da situação envolvendo o avanço do Coronavírus no Brasil e no mundo. Até o momento, tanto a demanda do consumidor final como a logística para a entrega da farinha vem sendo afetadas, mas a Abitrigo (Associação Brasileira da Indústria do Trigo) acredita que estes dois fatores devam ser resolvidos em breve.

Segundo o presidente executivo da Abitrigo, Rubens Barbosa, bloqueios para a circulação de caminhões, principalmente no Rio Grande do Sul e no Nordeste, impediam o abastecimento completo com as farinhas derivadas do trigo. Porém a publicação de uma portaria do Ministério da Agricultura nesta sexta-feira deve contribuir para a resolução desta questão.

Olhando para a ponta final da cadeia, a demanda do consumidor final, a liderança destaca que as medidas tomadas pelo governo recentemente, como o projeto de renda emergencial de R$ 600,00 aos ditos vulneráveis, deve ajudar a população a retomar o consumo dos derivados de trigo como pães e massas.

Rubens Barbosa também comenta que acredita que a próxima safra de trigo brasileira deva ser cultivada dentro do previsto, seguindo o padrão dos últimos anos, mas se preocupa com a possibilidade do aumento no custo da importação, uma vez que a oferta argentina para o Brasil tende a ser mais ajustada, o dólar segue rondando os R$ 5,00 e a carga tributária para importação de trigo de outras localidades ainda está em vigor.

Confira a entrevista completa com o presidente executivo da Abitrigo no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário