Rio Grande do Sul entra na reta final da colheita do arroz e espera produtividade recorde

Publicado em 20/04/2020 11:21 1568 exibições
Ivo Mello - Diretor Técnico do Irga
Irga aponta produtividade média maior do que 8,5 mil quilos por hectare para os 82% de área já colhidas e destaca bom momento de preços ao produtor, com a saca girando em torno de R$ 55,00 em Uruguaiana e até R$ 59,00 em localidades mais próximas dos polos consumidores ou dos portos.

Podcast

Rio Grande do Sul entra na reta final da colheita do arroz e espera produtividade recorde

Download

LOGO nalogo

O Rio Grande do Sul já colheu mais de 82% da safra de arroz, segundo dados do Irga (Instituto Rio Grandense do Arroz) atualizados na última quarta-feira (15). Ao contrário das lavouras de verão como soja e milho, as áreas de arroz se beneficiaram das condições climáticas no estado.

O diretor técnico do Irga, Ivo Mello, destaca que o alto índice de insolação no mês de março ajudou no desenvolvimento das lavouras, que registram média de produtividade de 8,5 mil quilos por hectare até o momento, e devem finalizar a safra a cima dos 8 mil kg.

Essa produtividade média e a produção total estimada em mais de 7 milhões de toneladas representam patamares históricos para o Rio Grande do Sul, que volta a ter um ano favorável aos arrozeiros após muitas dificuldades.

As condições de mercado também são atrativas com a saca valendo R$ 55,00 na região de Uruguaiana na fronteira oeste e cerca de R$ 59,00 em localidades mais próximas aos polos consumidores e ao porto de Rio Grande.

Confira a entrevista completa com o diretor técnico do Irga no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário