HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Falta de chuvas ajuda no plantio do arroz no RS, mas liga alerta para desenvolvimento da safra

Publicado em 26/10/2020 16:42 178 exibições
Ivo Mello - Diretor Técnico do Irga
Expectativa inicial do Irga é que estado colha 7,4 milhões de toneladas nos 969.192 hectares estimados com nova oferta começando a entrar no mercado entre fevereiro e março

Podcast

Falta de chuvas ajuda no plantio do arroz no RS, mas liga alerta para desenvolvimento da safra

Download

LOGO nalogo

O plantio do arroz já foi concluído em mais de 63% dos 969.192 hectares estimados para a safra 2020/21 no Rio Grande do Sul. Entre as regiões do estado, destaque para a Sul e a da Fronteira, onde os trabalhos já estão praticamente encerrados.

Segundo o diretor técnico do Irga (instituto Rio-Grandense do Arroz), Ivo Mello, a falta de chuvas no estado ajuda no avanço da semeadura e na boa largada da safra, mas já liga o sinal de alerta para precipitações menores do que a média e os efeitos do La Niña durante o desenvolvimento das lavouras.

Como perspectiva inicial, a liderança aponta uma produção de 7,4 milhões de toneladas que começaria a ser colhida em fevereiro, ganhando força na virada de mês e chegando à seu pico durante o mês de março.

Outro dado apontado pelo Irga é um crescimento na área cultivada de cerca de 3% com relação à safra anterior, mesmo que os preços do arroz estejam mais favoráveis. Mello explica que essa foi uma decisão de planejamento dos produtores para tentar manter o mercado equilibrado e sem um grande aumento na oferta.

Após vender parte da safra passada com preços máximos de R$ 70,00, poucos produtores ainda tinham estoques disponíveis para aproveitar as grandes elevações dos preços do grão. Agora, a expectativa é que as negociações possam acontecer com os valores superiores aos R$ 100,00 e remunerar bem à atividade.

Confira a íntegra da entrevista com o diretor técnico do Irga no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário