Provocamos novamente o Dr. Paulo Martins e ele respondeu: 'leite é o novo!'

Publicado em 22/11/2019 16:29 2028 exibições
Paulo Martins - Diretor-Geral da Embrapa Gado de Leite
O encontro do leite com a inovação (Ideas for Milk), aconteceu nesta sexta (22) em São Paulo, mostrando as novas tecnologias no segmento do leite. O Noticias Agrícolas esteve lá e novamente provocou o chefe da Embrapa Gado de Leite, Paulo Martins.

Podcast

Provocamos novamente o Dr. Paulo Martins e ele respondeu: 'leite é o novo!'

Download

LOGO nalogo

A quarta edição do Ideas for Milk reuniu 146 empresas em São Paulo, que colocaram em discussão ideias sobre a revolução 4.0 para a produção de leite no Brasil. Para Paulo Martins, diretor-geral da Embrapa Gado de Leite, as inovações chegam para que os produtores de leite tenham a oportunidade de transformar paradigmas no setor.

A produção de leite é intensa e exige que o produtor tome decisões de forma ágil. As tecnologias digitais possibilitam que essas decisões sejam tomadas com mais eficiência e utilizando ferramentas que garantem uma qualidade melhor para o produto final.

Apesar dos entraves que essas tecnologias passam para chegar no campo e serem compreendidas pelos produtores, Martins diz que existem diversas ações para que o acesso à revolução digital no setor leiteiro seja facilitado. No entanto, ele alerta que para isso ocorra, é preciso que a pessoa esteja interessada em uma grande transformação que envolve investimento, capacitação e profissionalização na gestão .

"Ideas for milk" impulsiona inovação no agronegócio (por Diário do Comércio)

A quarta edição do Ideas for Milk, evento patrocinado pela TIM pelo terceiro ano consecutivo e que aconteceu sexta-feira (22) em São Paulo, tem mentoria da Embrapa Gado de Leite e contou com a participação da operadora na banca julgadora das 20 startups que apresentaram projetos voltados a sanar gargalos da produção leiteira no Brasil.

“A transformação digital está impactando todos os setores produtivos da economia e no agronegócio não poderia ser diferente. Em específico, a cadeia do leite por ser longa, abrangente e de alcance nacional tem sido um celeiro para inovação, IoT e tecnologias móveis”, avalia Janilson Bezerra, Head de Innovation & Business Development da TIM Brasil, que é líder em cobertura 4G no País.

Na ocasião, estiveram presentes empreendedores digitais, empresários, líderes dos setores público e privado, professores e estudantes universitários, pesquisadores e grandes produtores rurais interessados em soluções inovadoras para manejo do animal ou mesmo de gestão da propriedade.

O patrocínio do desafio faz parte do programa Open Innovation da TIM, que tem o objetivo de estabelecer uma rede de intercâmbio entre empresas de tecnologia, startups e instituições de ensino para apoiar o desenvolvimento de produtos e serviços inovadores. O intuito é explorar os novos negócios em conjunto com os parceiros da operadora, acompanhando continuamente a evolução das tecnologias exponenciais para criarem uma sociedade melhor.

O Ideas for Milk busca por soluções digitais, em uma competição nacional visando ideias inovadoras para o modelo de negócio de diferentes produtores baseado em software web, aplicativos para smartphones ou hardwares, além de soluções em IoT (Internet das Coisas, na sigla em inglês). Entre os dias 28 de outubro e 1º de novembro aconteceu, em Juiz de Fora (Zona da Mata), o Vacathon, maratona de programação na qual 22 equipes de universidades brasileiras de 10 estados do Brasil conheceram mais sobre temáticas relacionadas à produção e ao processamento de leite, além de criar soluções inovadoras aplicáveis à área para acelerar o desenvolvimento da cadeia produtiva.

Iniciativas no Agro – Além de apoiar o Ideas For Milk, a TIM tem outras duas iniciativas para fomentar o agronegócio brasileiro. O ConectarAgro é formado pela TIM junto com AGCO, Climate FieldView, CNH Industrial, Jacto, Nokia, Solinftec e Trimble, e já conecta 1,6 milhão de hectares. Na Futurecom 2019, foram apresentadas máquinas conectadas que oferecerão possibilidades de monitoramento e controle remoto, otimizando a produtividade.

Entre os parceiros da TIM no projeto estão a Adecoagro, uma das principais empresas produtoras de alimentos e energia renovável da América do Sul; a SLC Agrícola, uma das maiores produtoras de grãos e fibras do País, Amaggi, produtora e exportadora de comodotties agrícolas; e a Jalles Machado, agroindústria referência no setor sucroenergético nacional.

Fonte: Notícias Agrícolas/Diário do Comércio
Por:
João Batista Olivi e Ericson Cunha
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário