Chuva no MT começa a preocupar produtores sobre o desenvolvimento do milho safrinha em Nova Ubiratã

Publicado em 29/03/2019 11:04 e atualizado em 29/03/2019 14:50
1192 exibições
Chuva intensa começa a prejudicar desenvolvimento das lavouras que já estão totalmente implantada no município. Produtores tentam aproveitar janela de negociação antes de possível queda nos preços no início da colheita.
Albino Castilho Ruiz - Presidente do Sindicato Rural de Nova Ubiratã/MT

Podcast

Entrevista com Albino Castilho Ruiz sobre o Acompanhamento de Safra do Milho Safrinha

Download

LOGO nalogo

A safrinha de milho já está totalmente plantada em Nova Ubiratã no Mato Grosso e as chuvas dos últimos dias já começam a preocupar os produtores locais. Segundo o presidente do Sindicato Rural de Nova Ubiratã, Albino Castilho Ruiz, algumas áreas começam a ser prejudicadas, principalmente com relação as coberturas.

Entre as áreas que não plantavam milho safrinha, os produtores aumentaram a semeadura em 2%, porém, uma área entre 5 e 7 mil hectares antes destinada ao cultivo do cereal foi transferida para o algodão nessa segunda safra, pensando em melhores condições de mercado.

Já na safra 2018/19 de soja, o município já terminou a colheita e os produtores registraram produtividades entre 52 e 53 sacas por hectare, índice cerca de 12% menor do que o atingido no ano passado. Essa queda se deu após o mês de novembro receber muitas chuvas e dezembro sofrer com o Sol intenso, de acordo com Ruiz.

Confira a entrevista com o presidente do Sindicato Rural de Nova Ubiratã completa no vídeo.

Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário