Milho em Laguna Carapã/MS deve ficar dentro da média histórica, mas preços deixam produtores em alerta

Publicado em 08/05/2019 11:17 e atualizado em 08/05/2019 15:25
604 exibições
Agricultores esperavam negociar o milho safrinha entre 30 e 31 reais, mas patamares atuais estão menores do R$ 20,00. Dificuldade nas negociações aparecem também para a soja que já foi colhida na região.
Antônio Rodrigues Neto - Técnico Agrícola da Casa da Lavoura de Dourados

Podcast

Entrevista com Antônio Rodrigues Neto sobre o Acompanhamento de Safra do Milho Safrinha

Download

LOGO nalogo

O desenvolvimento do milho safrinha em Laguna Carapã no Mato Grosso do Sul até o momento é satisfatório. As produtividades esperadas estão dentro das médias históricas para a região, entre 80 e 90 sacas por hectare de acordo com Antônio Rodrigues Neto, técnico agrícola da casa da lavoura de Dourados.

Com a lavoura caminhando bem, o que tira o sono do agricultor é o mercado. Segundo Neto, os produtores esperavam preços para venda entre 30 e 31 reais, mas a realidade de momento mostra patamar próximos dos R$ 20,00 livres, o que não remunera devido ao alto investimento empregado nessa safrinha.

O custo de produção que já era alto, ficou ainda mais elevado com a necessidade de realizar mais aplicações de defensivos para combater os ataques de percevejo barriga verde, lagarta e cigarrinha.

Com um índice de vendas antecipadas que deve girar entre 30 e 35% na região, o produtor agora deve ter cautela e aguardar melhores momentos para realizar as negociações tanto para o milho quanto para a soja, que ainda aguarda para ser escoada e também tem preços baixos de venda.

Confira a entrevista completa no vídeo.

Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário