Produtores goianos devem colher mais de 10 milhões de toneladas de milho nesta segunda safra

Publicado em 23/05/2019 11:31 e atualizado em 24/05/2019 11:11
592 exibições
Boas chuvas no estado elevaram expectativa para o milho. Mercado apresenta janelas de negociação atrativas e margens de lucro devem ser confortáveis.
Adriano Antônio Barzotto - Presidente da Aprosoja GO

Podcast

Entrevista com Adriano Antônio Barzotto - Presidente da Aprosoja GO sobre o Acompanhamento de Safra do Milho

Download

LOGO nalogo

No início do cultivo do milho safrinha em Goiás, os produtores esperavam atingir o patamar de 9,5 milhões de toneladas. Agora, com a colheita se aproximando (os trabalhos devem começar no dia 10 de junho) essa expectativa já saltou para 10 milhões.

De acordo com Adriano Antônio Barzotto, presidente da Aprosoja GO, o plantio dentro da melhor janela para a região e as boas chuvas durante o ciclo do cereal foram o que alavancaram o potencial produtivo da safra para um dos maiores dos últimos anos.

Além do grande volume de produção, o produtor goiano também se anima com as oportunidades de venda para o milho. Segundo Barzotto, apesar de o mercado passar por momentos fracos entre abril e maio, as boas janelas de negociação, que existiram entre o final de 2018 e o começo de 2019, retornaram agora com a elevação do dólar e as margens de lucro devem ser mais confortáveis.

As estimativas dão conta de que entre 50 e 60% da atual safra já tenha sido negociada em Goiás.

Confira a entrevista completa com o presidente da Aprosoja Goiás no vídeo.

Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário