Seca e geadas devem prejudicar produtividades do milho, trigo e aveia em Apucarana/PR

Publicado em 12/08/2019 15:02
736 exibições
Colheita do milho safrinha já esta acabando e produtividade deve ser até 30% menor. Trigo e aveia vão ser colhidos entre agosto e setembro e também devem apresentar quebra devido as condições climáticas.
Claudomiro Rodrigues - Pres. do Sind. Rural de Apucarana (PR)

Podcast

Entrevista com Claudomiro Rodrigues - Pres. do Sind. Rural de Apucarana (PR) sobre o Acompanhamento de Safra do Milho

Download

LOGO nalogo

Os produtores de Apucarana no Paraná estão sofrendo com as dificuldades climáticas para o desenvolvimento das safras. A seca dos últimos dias e as duas fortes geadas que atingiram a região devem trazer prejuízos para o milho safrinha, trigo e aveia.

Segundo Claudomiro Rodrigues, presidente do Sindicato Rural de Apucarana/PR, a colheita do milho safrinha já está praticamente encerrada e as perdas chegam em até 30% com relação ao ano passado, atingindo uma produtividade média de 220 sacas por alqueire (cerca de 80 sacas por hectare).

As culturas de inverno como trigo e aveia também devem apresentar quebra na produção, mas um panorama mais preciso será possível apenas com o avançar das colheitas, que deve começar no próximo dia 20 de agosto e se estender até setembro.

Essas perdas na produção, aliadas aos altos custos de produção devem dificultar o lucro dos produtores para estas culturas e aumentar a expectativa por um bom rendimento na próxima safra de soja 2019/20.

De acordo com Rodrigues, a semeadura da soja deve começar entre o dia 20 e 25 de setembro e os agricultores do município esperam condições climáticas favoráveis para garantir boas produtividades. No momento, as preocupações estão no mercado e nos baixos preços de venda, o que atua para segurar as negociações antecipadas em níveis menores do que os últimos anos.

Confira a entrevista completa com o presidente do Sindicato Rural de Apucarana/PR no vídeo.

Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Angelo Miquelão Filho Apucarana - PR

    TRIGO: Lucro, que lucro? A seca zerou o pequeno (quase invisível) lucro das culturas de inverno inverno. Tanto o trigo como a aveia estão morrendo, os perfilhos já eram e grana será meia boca. Noticias vindas de Mauá, apontam o rendimento de 4 toneladas de aveia por alqueire, ou seja, não cobre os custos. O trigo mais velho pegou a geada, os mais novos a seca... Não dá para chamar de lucro o que vai nos sobrar, mas sim de prejuízos, contas que certamente arrastaremos para o soja 2019/2020.

    0