Exportação de milho deve registrar novo recorde em 2019 podendo superar 34 milhões de toneladas, diz Anec

Publicado em 12/09/2019 14:03 e atualizado em 12/09/2019 15:17
664 exibições
Exportações da soja também serão maiores que as projetadas inicialmente e podem superar 70 milhões de toneladas
Sérgio Mendes - Diretor da Anec

Podcast

Exportações de milho - Entrevista com Sérgio Mendes - Diretor da Anec

Download

LOGO nalogo

A Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (ANEC) aponta que as exportações de milho devem registrar um novo recorde neste ano, na qual pode exportar um total de 34 milhões de toneladas.  No caso da soja, as exportações devem ser maiores do que projetada inicialmente.

De acordo com o Diretor Geral da Anec, Sérgio Mendes, as exportações estão fluindo muito bem e os preços estão atentos as expectativas. “A expectativa é que vamos bater o recorde anterior que era um total de 33 milhões de toneladas em 2016. Se continuar no ritmo que está devemos superar esse percentual”, comenta.

Com as exportações aceleradas, os produtores rurais sentem mais seguros no momento de investir na cultura do milho. “Apesar dos problemas da China com a peste suína, nós estamos navegando em mares serenos desde não tenhamos problemas com os fretes aqui”, ressalta.

​A Associação elevou as projeções para as exportações para a soja em 70 milhões de toneladas, um percentual menor se comparado com o ano passado. “O ano passado não vale a comparação por ser um ponto fora da curva, já que a guerra comercial afetou a exportação”, destaca.

Confira o vídeo completo para saber mais informações. 

Por: Aleksander Horta e Andressa Simão
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário