Paraná vai perder mais de 1 milhão de toneladas na segunda safra de milho

Publicado em 28/05/2020 10:18 e atualizado em 28/05/2020 12:52 3567 exibições
Edmar Gervásio - Analista de Milho do Deral
Deral já aponta perdas consolidadas ante a projeção inicial de até 12,9 milhões de toneladas para esta safrinha. Apesar disso, produtores ainda devem ter boas rentabilidades se aproveitando dos altos preços para venda do cereal

Podcast

Paraná vai perder mais de 1 milhão de toneladas na segunda safra de milho

Download

LOGO nalogo

A segunda safra de milho no Paraná se desenvolveu durante uma das piores estiagens da história do estado e isso já se reflete em 1 milhão de toneladas a menos na produção do cereal, que era estimada em 12,9 milhões de toneladas no inicio da safra.

Segundo o analista de milho do Deral, Edmar Gervásio, as lavouras estão se encaminhando para o final do ciclo e não devem ter novas perdas a partir de agora. O último levantamento do departamento registrava 41% das lavouras como boas condições, 43% como médias e 16% como ruins.

O analista também destaca que, apesar dessas perdas em campo, os produtores paranaenses ainda devem registrar um bom ano para o cereal, já que os preços de venda estão bastante elevados. Em fevereiro, por exemplo, foi contabilizado o maior preço nominal da história com a saca valendo R$ 42,00.

Gervásio aponta que 30% desta produção já foram negociados, com foco no mercado interno, e o restante deve avançar conforme os trabalhos de colheita, que já começaram, forem ganhando força pelo mês de junho.

Confira a íntegra da entrevista com o analista de milho do Deral no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário