Goioerê/PR espera safra de milho com produção de média à baixa, mas preços de venda estão compensadores

Publicado em 01/07/2020 11:09 e atualizado em 02/07/2020 13:04 1207 exibições
Sergio Fortis - Presidente do Sindicato Rural de Goioerê/PR
Trabalhos de colheita já começaram, mas devem se estender até meados de agosto. Produtores também buscam deixar tudo preparado para a próxima safra de soja 2020/21 já que o intervalo entre a safrinha e o plantio da safra será pequeno

Podcast

Goioerê/PR espera safra de milho com produção de média à baixa, mas preços de venda estão compensadores

Download

LOGO nalogo

A colheita da segunda safra de milho já começou em Goioerê no Paraná para aqueles produtores que cultivaram a safra verão de soja ainda no pó. A expectativa é que os trabalhos ganhem força daqui a 10 dias e se estendam até meados de agosto.

Segundo o presidente do Sindicato Rural de Goioerê/PR, Sérgio Fortis, esta safra deve registrar produção de média para baixa em função do plantio das lavouras entre 20 e 30 dias mais tarde, saindo da melhor janela, e da falta de chuvas no início do ciclo.

A liderança destaca que, mesmo com a queda na produção, os preços de mercado estão compensadores com a saca do cereal valendo R$ 45,50 atualmente no município, o que estimula quem esta colhendo a buscar vendas.

Para a próxima safra de soja, o planejamento já está bastante adiantado na compra e troca por insumos, já que o intervalo entre a colheita do milho e o plantio da soja será pequeno neste ano.

Confira a entrevista completa com o presidente do Sindicato Rural de Goioerê/PR no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário