Com colheita do milho praticamente encerrada, Goiás projeta produção recorde nesta segunda safra

Publicado em 25/08/2020 10:59 e atualizado em 26/08/2020 09:34 1008 exibições
Leonardo Machado - Analista Técnico do IFAG
Trabalhos já terminaram em 95% das áreas, que agora são preparadas para próxima safra de soja 20/21. Ifag espera aumento de área cultiva com a soja em até 3% e estima ultrapassar as 12,5 milhões de toneladas do último ciclo

Podcast

Com colheita do milho praticamente encerrada, Goiás projeta produção recorde nesta segunda safra

Download

LOGO nalogo

A colheita da segunda safra de milho já foi finalizada em 95% das lavouras de Goiás e deve se estender ainda pelos próximos 10 dias. Mesmo com a produtividade um pouco menor do que a da safra passada, a projeção é de produção recorde para o estado.

Segundo o analista técnico do IFAG, Leonardo Machado, o aumento na área cultivada deve ajudar a superar a marca de 10 milhões de toneladas da safra passada, mesmo que a produtividade média seja menor do as 100 sacas por hectare de 2019.

Até o momento, os produtores goianos já negociaram 60% desta produção aproveitando os bons patamares de preços. Como as cotações seguiram se elevando mesmo com o avanço da colheita, os agricultores preferem armazenar os 40% restantes e apostar em novas valorizações antes de venderem mais volumes.

A preocupação agora é sobre o alto risco de incêndios nas lavouras, já que o estado não registra chuva a cerca de 2 meses e tem umidade do ar reduzida. A recomendação do IFAG é que os produtores, juntamente com os Sindicatos Rurais dos municípios, se unam para formar brigadas de incêndio para combater os focos ainda no início.

De olho na próxima safra de soja 2020/21, Machado projeta um aumento de plantio entre 2% e 3% e uma elevação na produção estadual, que na última safra foi de 12,5 milhões de toneladas. A expectativa é que os trabalhos de plantio comecem a partir do dia 25 de setembro, data do término do vazio sanitário em Goiás.

Confira a entrevista completa com o analista técnico do IFAG no vídeo.

Leia Mais:

+ Colheita do milho se encerrou em Rio Verde/GO e preocupação agora é para alto risco de incêndios

+ Prestes a encerrar a colheita do milho, Goiás segue registrando valorização do cereal

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

1 comentário

  • Geraldo Emanuel Prizon Coromandel - MG

    Aqui, no Alto Paranaiba, a produtividade do milho safrinha está entre 20%/30% menor que o ano passado, devido ao atraso no plantio e menor regime de chuvas. Mesmo assim será um bom ano devido aos preços do cereal.

    1