Publicidade

Paraguai também sofre com seca e geadas no milho e deve produzir apenas metade do que era esperado

Publicado em 02/07/2021 10:52 e atualizado em 02/07/2021 16:24 958 exibições
Karsten Friedrichsen - Vice-Presidente da APS
Mercado interno paraguaio já está bastante desabastecido e contratos já fechados para exportação vão precisar ser renegociados

Podcast

Paraguai também sofre com seca e geadas no milho e deve produzir apenas metade do que era esperado

Download

Logotipo Notícias Agrícolas

Publicidade

Assim como muitas regiões do Brasil, o atraso no plantio, a falta de chuvas e agora as geadas prejudicaram muito as lavouras da segunda safra de milho também no Paraguai. As perspectivas era muito positivas para esta safra com recorde de plantio, 750 mil hectares, e produção projetada em 5 milhões de toneladas.

Segundo o vice-presidente da APS (Associação dos Produtores de Soja, Oleaginosas e Cereais do Paraguai), Karsten Friedrichsen, o atraso no plantio e a falta de chuvas já tinha reduzido essa projeção para 3,5 milhões de toneladas. Agora, as geadas que atingiram todo o país de maneira intensa devem reduzir o total para cerca de 2,5 milhões de toneladas.

Essa redução trará grandes impactos também para o mercado. A liderança destaca que o mercado interno paraguaio já está bastante desabastecido com milho e muitos contratos de exportação terão que ser renegociados entre produtores e empresas pela falta de produto e pela queda de qualidade dos grãos.

Confira a entrevista completa com o vice-presidente da APS no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário