Produtor que ainda tem milho disponível deve aproveitar oportunidades do 1º semestre, diz Germinar Corretora

Publicado em 14/02/2022 10:57 e atualizado em 14/02/2022 11:49
Roberto Carlos Rafael - Germinar Corretora
Preços do segundo semestre devem ser pressionados pelo excedente de produção da safrinha, mas cotações vão seguir remuneradoras. No mercado internacional, os pontos de atenção são a tensão entre Rússia e Ucrânia e as perspectivas de plantio dos Estados Unidos

Podcast

Produtor que ainda tem milho disponível deve aproveitar oportunidades do 1º semestre, diz Germinar Corretora

Logotipo Notícias Agrícolas 

“Quem tem estoque vale a pena aproveitar as ofertas no primeiro semestre”. Essa é a recomendação de Roberto Carlos Rafael da Germinar Corretora diante do cenário de preços elevados no Brasil em função da oferta restrita neste primeiro semestre e das perspectivas para o segundo.

Rafael aponta que as projeções de produção para a segunda safra de milho são altas, o que pode causar um excedente de oferta e pressionar as cotações do cereal neste segundo semestre. Mesmo assim, ele destaca que os preços vão seguir elevados e garantindo remuneração aos produtores, que devem investir em aumento de área cultivada.

“Vale a pena plantar milho até na floreira do apartamento”, diz.

Já no mercado internacional, o que está influenciando as movimentações são as tensões entre Rússia e Ucrânia e as perspectivas de plantio da safra dos Estados Unidos. O analista ressalta que a Ucrânia é um importante player do mercado de milho e há muita incerteza sobre a nova safra que começará a ser plantada em março.

“Como os tumultos vão ter efeito na produção ucraniana? Se houver invasão da Rússia, como os produtores da Ucrânia vão se posicionar? Eles vão abandonar as lavouras? Vão ser convocados para o exército?”, questiona.

Confira a íntegra da entrevista com o analista da Germinar Corretora no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

1 comentário

  • Cácio Ribeiro de Paula Bela Vista de Goiás - GO

    Só não podem esquecer de combinar com o clima(tempo)... E, pelo andar da carruagem, não está nada amigável esse ano...

    Se levarmos em conta algumas previsões..., é pra ficar com os dois pés atrás nesse "excedente de oferta". Ronaldo Coutinho, por exemplo, afirmou, por inúmeras vezes(inclusive aqui nesse canal - NA), que as chuvas cortarão mais cedo em várias regiões de produção e que também há boa chance de geadas precoces no PR/SC/MS... etc.

    A conferir!!

    0