Perguntamos para Nilson Leitão: O Brasil está sendo governado pelo parlamentarismo branco? Isso é bom?

Publicado em 16/07/2019 13:52 e atualizado em 17/07/2019 04:03
2279 exibições
O ex-presidente da FPA e ex-líder do PSDB, Nilson Leitão, agora na função de analista político, diz ao NA que o presidente Bolsonaro fez escolhas erradas e permitiu que a Câmara recuperasse o seu protagonismo. "Agora ele terá de se entender com os deputados para poder fazer avançar as reformas". Há a possibilidade de a Câmara se unir o Senado, e aí o parlamentarismo branco seria implantado, alerta o ex-deputado.
Nilson Leitão - Consultor Especial da CNA

Podcast

O Brasil está sendo governado pelo parlamentarismo branco? Isso é Bom?

Download

LOGO nalogo

Após a aprovação da reforma da previdência, Rodrigo Maia, presidente da Câmara, recebeu o protagonismo pelo sucesso da pauta. Para Nilson Leitão, consultor especial da CNA, esse protagonismo foi consequência dos primeiros meses de mandato do presidente Bolsonaro, que adotou uma postura de criticar a velha política, o que acabou gerando desgastes políticos e distanciamento entre os poderes Executivo e Legislativo.

Veja: Alexandre Garcia: Boa vontade de Bolsonaro com o Congresso abriu nova etapa nas relações e Previdência será aprovada 

Para Leitão, apesar dessa turbulência, ainda é possivel que o governo retome o diálogo com os parlamentares. Ele lembra ainda que Rodrigo Maia foi eleito presidente da casa com 334 votos, um número considerável e que poderia facilitar pautas encaminhadas pelo governo. "Esse governo no início tinha uma postura de confrontar a velha política, mas esse termo é muito vago, pois política é política. Seja no Brasil ou em qualquer lugar do mundo, a política é feita da mesma maneira e Bolsonaro começa a entender isso", explicou. 

Leia mais: Plenário aprova texto-base da reforma da Previdência por 379 votos a 131

Ao ser questionado se o poder político do Congresso é excessivo, o que poderia ser caracterizado como "parlamentarismo branco", Nilson Leitão descarta a hipótese: "O 'parlamentarismo branco' não é bom para uma democriacia saudável. Para um país forte, é bom que os 3 poderes tenham autonomia e trabalhem em harmonia. As reformas que o Brasil precisa dependerão do Congresso, então é necessário que o governo priorize pelo diálogo".

Veja também: Com a reforma, Brasil se torna mais liberal (e menos estatista), entrevista com Renato Dias, do blog Ranking dos Políticos 

Por: João Batista Olivi e Ericson Cunha
Fonte: Notícias Agrícolas

3 comentários

  • Samoil Ivanoff Querencia - MT

    Até agora só vejo o banditismo tentando bater de frente ao Bolsonaro e ao Sérgio Moro...

    4
  • Elvio Zanini Sinop - MT

    Os representantes dos cidadãos (e não do povo, como chamo a maioria dos que nos representam) deveriam trabalhar a favor dos que os colocaram no Poder...; contudo sempre atendem seus benefícios em detrimento dos mais necessitados, os que realmente trabalham para manter a Nação em pé ...

    1
  • Geverton Luiz Coldebella

    ...parlamentarismo branco???!!! esses trastes de deputados e senadores esquecem que o Bolsonaro tem apoio da população e das FFAA, duvido que vão querer pagar pra ver....

    4