Inimigo oculto: Nematóides causam prejuízo de R$ 35 bi ao agro brasileiro

Publicado em 30/11/2017 14:44 e atualizado em 30/11/2017 17:39
4785 exibições
Só para a soja, esses prejuízos ultrapassam 16 bilhões de reais. Um dos primeiros passos é identificar a presença de reboleiras e, mesmo que não haja características aparentes, produtores devem ficar atentos aos talhões de baixa produtividade.

LOGO nalogo

Os nematóides são uma espécie de "inimigo oculto" no subsolo das lavouras, que geram prejuízos de mais de 35 bilhões de reais no agronegócio. Só para a soja, esses prejuízos ultrapassam 16 bilhões de reais.

Cláudia Arieira, professora doutora da Universidade Estadual de Maringá, destaca que os nematóides são habitantes naturais do solo. Contudo, são tidos como estes ocultos porque os produtores não conseguem visualizar a olho nu como outras doenças e, por isso, ele pode passar despercebido.

Um dos primeiros passos é identificar a presença de reboleiras nas áreas. Mesmo que não haja características aparentes, os produtores também devem ficar atentos aos talhões de baixa produtividade.

Tudo o que movimenta o solo pode levar os nematóides adiante - máquinas que passam de uma lavoura para a outra e colheitas tercerizadas são alguns dos riscos. Entretanto, a presença de soja guaxa e outras plantas daninhas, bem como o cultivo suscetível de plantas suscetíveis pode influenciar no aumento de nematóides.

A professora explica que praticamente todas as plantas são suscetíveis a uma espécie de nematóide. A cana de açúcar e a soja apresentam o problema com maior expressão porque são as mais plantadas. Porém, culturas como batata, cenoura e beterraba podem enfrentar problemas não só em produtividade, mas também em comercialização.

O primeiro passo para uma identificação correta é levar o solo em um laboratório especializado. Depois, utilizar as medidas de controle recomendadas por consultores e nematologistas.

O recado que Arieira deixa para o produtor é que este problema tem solução: o importante é se informar para saber quais são as atitudes corretas a serem tomadas diante dele.
.

Icone Download - palestra ADAMA

Tags:
Por: João Batista Olivi e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário