Com previsão de clima seco e quente na Argentina, soja em Chicago até reage, mas mercado se ajusta para relatório do USDA

Publicado em 07/02/2018 17:35 e atualizado em 08/02/2018 10:34
2942 exibições
Expectativa é que USDA reduza as exportações americanas de soja com reflexo na elevação dos estoques. Safras no Brasil e na Argentina também devem ter mudanças

Podcast

Jorge Gracioli - Consultor da FCstone

Download

 

0 comentário