Com acordo ou sem acordo, preço da soja deverá subir para brasileiros

Publicado em 25/02/2019 15:18 e atualizado em 25/02/2019 16:44
13893 exibições
Vlamir Brandalizze diz que o fim da disputa comercial entre China e EUA encontrará estoques fragilizados
Vlamir Brandalizze - Analista de Mercado da Brandalizze Consulting

Podcast

Com acordo ou sem acordo, preço da soja deverá subir para brasileiros

Download

 

LOGO nalogo

Vlamir Brandalizze, analista de mercado da Brandalizze Consulting, destacou ao Notícias Agrícolas que a tendência do mercado da soja é de alta, com boas perspectivas para os comercializadores brasileiros.

Mesmo que a negociação entre Estados Unidos e China não evolua, o analista aponta para 95% de chance de alta no mercado. A safra brasileira é menor do que no ano passado e já há safra nova sendo entregue como se fosse safra velha - um sinal de que o brasileiro possui menos soja.

O consumo na China continua crescendo e, hoje, a soja norte-americana é mais cara para eles do que a brasileira. Não havendo um acordo, os chineses devem se virar totalmente para o mercado brasileiro, de forma que os preços desejados pelos produtores locais podem ser alcançados.

Outros fatores, como um problema climático na produção dos Estados Unidos, ainda poderiam elevar Chicago para próximo dos US$12/bushel, mas a Bolsa não deve bancar essa alta sem argumento.

Para Brandalizze, a alta da soja é uma tendência constante, já que ela é a proteína mais barata para se produzir e vender - logo, é um produto imbatível como fonte de proteína, segundo ele.

Tags:
Por: João Batista Olivi e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário