Produtor de soja precisa investir em ambiente de produtividade eficiente, diz CESB

Publicado em 10/04/2019 14:18 e atualizado em 11/04/2019 12:10
1070 exibições
Da compra da semente ao bom perfil de solo, sojicultor precisa estar atento ao desenvolvimento de sua cultura cruzando dados específicos de sua região para otimizar as práticas agrícolas. Manejo deve ser preventivo e não curativo.
João Pascoalino - Coordenador Técnico de Pesquisa do CESB

Podcast

Produtor de soja precisa investir em eficiente ambiente de produtividade, diz CESB

Download

LOGO nalogo

O produtor mais preocupado com um manejo correto em suas lavouras é aquele que consegue índices maiores de produtividade. Pensando nisso, o CESB (Comitê Estratégico Soja Brasil) desenvolve o conceito chamado ambiente de produção, que por meio da engenharia reversa, busca entender que tipos de práticas são adotadas por aqueles produtores que obtém as maiores produtividades e replicar essas ações nas demais propriedades.

“Isso envolve os fatores produtivos que são construção e manutenção do perfil de solo pensando no aspecto químico, físico e fisiológico, qualidade de sementes e semeadura, nutrição que tem tido alta resposta dentro desse processo produtivo para manter a expressão do potencial produtivo e proteção de plantas. Aí sim conseguimos atingir o máximo produtivo”, conta João Pascoalino, coordenador técnico de pesquisa do CESB.

Para o coordenador técnico do CESB, o produtor brasileiro está cada vez mais preocupado com essas questões e em fazer um diagnóstico correto e interpretação desses dados. “Temos que ter um correto diagnostico e um correto levantamento de dados para ter uma correta interpretação e, após a interpretação, uma assertividade no manejo. Isso nos dá uma estabilidade produtiva e nos constrói um ambiente de alta produção”, afirma Pascoalino.

Confira a entrevista completa no vídeo.

Tags:
Por: Carla Mendes e Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário