Chuva do final de semana anima produtores paranaenses e Deral estima próxima safra de soja em 19,8 milhões de toneladas

Publicado em 02/09/2019 10:29 e atualizado em 02/09/2019 13:33
806 exibições
Trabalhos de plantio devem começar logo após o término do vazio sanitário em 10 de setembro. Expectativa aponta bom clima para o desenvolvimento da safra e crescimento de 21% na produção após última safra sofrer com falta de chuvas.
Marcelo Garrido Moreira - Economista do Deral

Podcast

Preparativos para a safra 2019/20 - Entrevista com Marcelo Garrido Moreira - Economista do Deral

Download

LOGO nalogo

O Paraná recebeu boas chuvas neste final de semana e a animação dos produtores para realizar o plantio da próxima safra de soja 2019/20 aumentou junto. Segundo Marcelo Garrido Moreira, economista do Deral, a expectativa é de os trabalhos de semeadura possam começar logo após o término do vazio sanitário, aproveitando esta umidade do solo.

Após sofrer com a falta de chuvas durante a última safra, o estado deve ter um clima normal para o desenvolvimento das lavouras e os números do Deral estimam uma produção de 19,8 milhões de toneladas, cerca de 21% maior do que a última, o que de acordo com Moreira, seria uma retomada do patamar normal para o Paraná.

Os produtores aproveitam este momento também para fechar boas vendas antecipadas, se beneficiando do dólar alto e as incertezas quanto a safra americana e a Guerra Comercial entre China e Estados Unidos.

Para o economista, essa união de grande produção e boas oportunidades de venda são fundamentais para garantir a rentabilidade do produtor, ainda mais porque os custos de produção ficaram em torno de 16% mais caros no estado com relação à última safra, conforme dados levantados pelos Deral.

Confira a entrevista completa com o economista do Deral no vídeo.

Veja mais informações sobre o clima no Paraná:

>> Tempo: PR tem final de semana de estragos com chuvas e ventos fortes, mas instabilidades diminuem neste início de semana

>> Com chuvas do próximo final de semana, oeste e sul do Paraná já terão umidade suficiente para dar início à safra de verão

Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário