Paraguai: Sul do País já começou o plantio da soja enquanto região norte aguarda volta das chuvas

Publicado em 20/09/2019 11:17 e atualizado em 23/09/2019 15:38
496 exibições
Previsões apontam possibilidade de plantio a partir do dia 26 de setembro na parte norte e Associação de Produtores busca abrir via de comercio com a China para ampliar mercado paraguaio.
Eno Michels - Presidente da APS

Podcast

Entrevista com Eno Michels - Presidente da APS sobre o Plantio da Soja no Paraguai

Download

LOGO nalogo

O Paraguai vive duas realidades distintas em diferentes áreas da região produtora do país. Enquanto as localidades mais ao sul já iniciaram o plantio da safra de soja 2019/20, os produtores do norte ainda aguardam a retomada das chuvas para realizar a semeadura do grão.

Segundo o presidente da APS (Associação dos Produtores de Soja, Oleaginosas e Cereais do Paraguai), Eno Michels, as previsões apontam condições para iniciar o plantio após o dia 26 de setembro, quando as chuvas, que não aparecem desde o final de julho, devem retornar.

Apesar deste atraso, no ano passado o plantio já estava terminando nesta data, a expectativa dos produtores do país vizinho é de que o clima se estabilize a produção e produtividade possa retomar os bons patamares, após a queda de 40% registrada na última safra.

Michels destaca ainda que o preço de venda da soja atualmente está próximo dos US$ 18,00 a saca, um nível que garante lucro apenas para os produtores mais planejados, mesmo assim, não consegue possibilitar uma margem para reinvestimentos nas lavouras.

Na busca por mais possibilidades de negociações, a APS atua junto ao governo paraguaio na expectativa de que possa ser aberto um campo de relações com a China continental, o que possibilitaria a venda da soja diretamente do Paraguai para a potência asiática.

Confira a entrevista completa com o presidente da APS no vídeo.

Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário