Técnico agrícola da Cocamar no PR recomenda inicio de plantio da soja apenas quando as chuvas se confirmarem

Publicado em 11/10/2019 11:51 e atualizado em 11/10/2019 12:59
1139 exibições
Em comparação com o ano passado, os meses de agosto e setembro apresentaram déficit de até 390 mm de chuvas acumuladas na região de Ourizona/PR. Diante disso, recomendação é semear a soja apenas depois das chuvas, que podem chegar nos próximos 10 dias, mantendo boa janela de cultivo tanto para a oleaginosa, quanto para o milho segunda safra em 2020.
Claudemir Marinoci - Técnico Agrícola da Cocamar

Podcast

Técnico agrícola da Cocamar no Paraná recomenda cautela ao produtor para iniciar plantio da soja apenas quando as chuvas se conf

Download

LOGO nalogo

A região de Ourizona no oeste do Paraná tem registrado poucas chuvas nos últimos meses, o que impossibilita boas condições para o plantio da safra 2019/20 de soja. Entre os meses de agosto e setembro foram contabilizados apenas 50 mm acumulados de chuvas, contra 440 mm do mesmo período de 2018.

Segundo o técnico agrícola da Cocamar, Claudemir Marinoci, é preciso um acumulado de 60 mm nos últimos 20 ou 30 dias para que a soja tenha condições de germinar e se desenvolver dentro do esperado. Sendo assim, a recomendação aos produtores é de aguardar a confirmação das chuvas antes de iniciar a semeadura.

Marinoci comenta que, existe previsão de chuva na região para a próxima semana e que o plantio da soja dentro dos próximos 10 dias ainda garante uma boa janela de cultivo tanto para a oleaginosa, quanto para o milho safrinha em 2020.

Após este período de dificuldades, a expectativa é que as chuvas fiquem dentro da normalidade em outubro, levemente a baixo da média em novembro, e dentro do normal nos meses de dezembro e janeiro, o que deve garantir uma boa safra de soja na região.

Confira a íntegra da entrevista com o técnico agrícola da Cocamar no vídeo.

Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário