Plantio da soja está paralisado na espera de chuvas em Marechal Cândido Rondon/PR

Publicado em 18/10/2019 11:28 e atualizado em 21/10/2019 16:48
774 exibições
65% da área já foi semeada, contra 95% no mesmo período da safra passada. Até o momento, 8% da parte já semeada precisará ser replantada e situação pode ficar ainda mais complicada caso as chuvas previstas para o final de semana não acontecem.
Edio Luiz Chapla - Presidente do Sind. Rural de Marechal Cândido Rondon/PR

Podcast

Plantio da soja está paralisado na espera de chuvas em Marechal Cândido Rondon/PR

Download

LOGO nalogo

Os produtores de Marechal Cândido Rondon no Paraná plantaram apenas 65% da área destinada ao cultivo da soja na safra 2019/20, o que representa atraso nos trabalhos, que no mesmo período do ano passado já estavam 95% concluídos. Para contribuir ainda mais com essa lentidão, a semeadura está foi totalmente paralisada em função da falta de chuvas. 

Segundo o presidente do Sindicato Rural de Marechal Cândido Rondon/PR, Edio Luiz Chapla, a recomendação é que o produtor aguarde a volta das chuvas, previstas para domingo e segunda-feira, para dar sequência em seus trabalhos. Até agora, cerca de 8% da área já semeada terá que ser replantada, mas o número pode ser ainda maior após novas avaliações. 

Outro problema desencadeado por este atraso será a segunda safra de milho, que já enxerga sua janela ideal para cultivo se fechando e, provavelmente, enfrentará dificuldades de produtividade no ano que vem. 

Confira a íntegra da entrevista com o presidente do Sindicato Rural de Marechal Cândido Rondon/PR no vídeo.

Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário