Com novo aumento das retenciones, produtor argentino vai pagar mais de US$ 100,00/t de soja ao governo

Publicado em 27/02/2020 14:18
2268 exibições
Baixos preços em Chicago e aumento nas taxas de exportação da soja vão deixar produtor argentino no vermelho, podendo comprometer a safra 2020/21
Sebastian Gavaldá - Diretor da Globaltecnos (Argentina)

Podcast

Elevação das retenciones na Argentina - Entrevista com Sebastian Gavaldá - Diretor da Globaltecnos (Argentina)

Download

 

1 comentário

  • PAULO ROBERTO BRAZ FIORESE São Domingos - SC

    Não entendo como tem agricultor que defende a pauta da esquerda. Vejam o caso da Argentina, onde elegeram um esquerdista amiguinho de Lula: recebem U$$ 330/ton de soja e o governo retém U$$ 110,00/ton (33%). Sobra menos de 60,00/sc. Isso é o que o socialismo faz! Quebra quem trabalha para manter os vagabundos que votam nos vagabundos ladrões no poder.

    Ainda bem que os brasileiros de bem acordaram.

    Não vamos baixar a guarda!

    Dia 15/03 mobilizados.

    8
    • carlo meloni sao paulo - SP

      Para quem tem um pouco de idade como eu, teve oportinidade de assistir a todas as manobras que os Estados Unidos faziam para estancar o avanço do comunismo----Guerra da Coreia, da Camboja ,Cuba e por fim todos os movimentos militares da America do Sul orquestrado pelo general Walter----Depois da queda do muro de Berlim os Estados Unidos deixaram de combater o comunismo marxista que por falta de inteligencia de Fidel so' continuo em Cuba---ENTAO O BOLIVARISMO DA ARGENTINA E" UMA BENÇAO PARA NOS, POIS TIRA COMPETITIVIDADE DOS PRODUTOS DELES APESAR DA COTAÇAO DO PESO ESTAR NO FUNDO DO POÇO----VIVA O BOLIVARISMO PARA OS OUTROS--

      1