Bagé/RS ainda precisa de 100 mm de chuva em março para garantir produtividade da soja plantada mais tarde

Publicado em 28/02/2020 10:51 680 exibições
Rodrigo Borba Móglia - Presidente do Sindicato Rural de Bagé/RS
Primeiras áreas cultivadas já apresentam perdas consolidadas após últimos 10 dias não registraram precipitações. Boas oportunidades de vendas animam produtores a negociar até 40% desta produção.

Podcast

Bagé/RS ainda precisa de 100mm de chuva em março para garantir produtividade da soja plantada mais tarde

Download

LOGO nalogo

A safra de soja 2019/20 vinha apresentando bom desenvolvimento em Bagé e mantendo a expectativa de boa produtividade, por volta das 50 sacas por hectare. Porém, nos últimos 10 dias as precipitações foram cortadas e os prejuízos nas lavouras já começam a aparecer.

Segundo o presidente do Sindicato Rural de Bagé/RS, Rodrigo Borba Moglia, as primeiras áreas cultivadas já apresentam queda de produtividade entre 10 e 15% e as que foram semeadas mais tarde, que ainda estão no enchimento de grãos, ainda precisam de mais 100 mm de chuva durante o mês de março para garantir o potencial produtivo.

Já o cenário de mercado é bastante favorável para o produtor da região, que conseguiu negociar cerca de 40% desta produção com patamares de preços entre 80 e 85 reais, se aproveitando da proximidade com o porto de Rio Grande.

Confira a íntegra da entrevista com o  presidente do Sindicato Rural de Bagé/RS no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

1 comentário

  • Ricardo Netto

    Aqui na região de Cachoeira do Sul não temos uma chuva há mais de um mês ...

    1
    • Alex Renner

      Perdas muitos maiores que esses 10%..., em fevereiro só tivemos uma chuva o mês todo, e a próxima chuva está marcada a partir de 12 de março..., soja morrendo de seco aqui na região.

      1