Áreas irrigadas já plantaram a soja em Lucas do Rio Verde/MT e restante das lavouras ainda aguardam chuvas

Publicado em 22/09/2020 10:57 979 exibições
Antônio Isaac Fraga Lira - Presidente do Sindicato Rural de Lucas do Rio Verde/MT
Sindicato Rural do município recomenda cautela e que semeadura inicie apenas depois de chuvas entre 40 e 60 mm para garantir umidade no solo para um bom plantio e uma germinação forte. Maior parte desta produção já foi negociada com preços elevados

Podcast

Áreas irrigadas já plantaram a soja em Lucas do Rio Verde/MT e restante das lavouras ainda aguardam chuvas

Download

LOGO nalogo

Quem possui lavouras irrigadas com pivô central já realizou o plantio da safra de soja 2020/21 em Lucas do Rio Verde no Mato Grosso. O restante, que corresponde a praticamente 98% do total do município, ainda aguarda chuvas para iniciar suas atividades.

Segundo o presidente do Sindicato Rural de Lucas do Rio Verde/MT, Antônio Isaac Fraga Lira, havia previsões de chuvas para ontem e hoje, mas elas ainda não aconteceram. A recomendação é que o produtor aguarde acumulados entre 40 e 60 mm para ter uma segurança mínima de plantio e germinação das plantas.

A liderança destaca que o plantio no pó pode enfrentar dificuldades caso as sementes germinem sem toda a umidade necessária no solo e o produtor tenha que gastar novamente com sementes, tratamentos e adubação.

Outro ponto que reforça a necessidade de largar bem na safra, é que mais da metade desta produção já foi negociada, estimulada pelos bons preços da soja que no começo dos negócios era entre R$ 75,00 e R$ 80,00, preços já favoráveis, e hoje giram ao redor dos R$ 100,00.

Lira espera que as precipitações aconteçam ainda neste mês, para que o plantio se concentre entre setembro e outubro, garantindo assim uma boa janela de cultivo para o milho safrinha em 2021, que também já está bastante vendido devido aos preços elevados de mercado.

Confira a entrevista completa com o presidente do Sindicato Rural de Lucas do Rio Verde/MT no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário