HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Altas temperaturas em São Paulo impossibilitam plantio da soja até mesmo em áreas irrigadas

Publicado em 02/10/2020 12:00 1641 exibições
Gustavo Chavaglia - Presidente Aprosoja SP
Aprosoja SP alerta para rápida evaporação da umidade devido ao calor e recomenda que produtor paulista tenha calma neste momento, aguardando mais umidade no solo, chuvas constantes pela frente e diminuição da temperatura

Podcast

Altas temperaturas em São Paulo impossibilitam plantio da soja até mesmo em áreas irrigadas

Download

LOGO nalogo

Os produtores de São Paulo ainda não têm condições de iniciar o plantio da safra de soja 2020/21. Nem mesmo os mais ao Sul do estado, que receberam algumas chuvas nos últimos dias, ou os com áreas irrigadas conseguem começar os trabalhos.

Segundo o presidente da Aprosoja SP, Gustavo Chavaglia, é preciso aguarda melhores condições em três pontos principais. Mais umidade no solo, chuvas constantes previstas para os próximos dias e redução das temperaturas, que estão muito elevadas e evaporam a umidade até mesmo das lavouras com pivô.

A expectativa no estado é que o plantio da soja possa acontecer na janela entre 10 de outubro e 10 de novembro garantindo ainda boa janela para esta safra que deve registrar aumento de área cultivada, crescendo sobre canaviais em reforma, e acréscimo na produção final.

A liderança explica que a ocorrência do La Niña pode diminuir a quantidade de chuvas nas lavouras mais ao Sul de São Paulo, mas aumentar as precipitações mais ao Norte, garantindo assim as condições médias favoráveis para o estado como um todo.

Na comercialização, 42% das mais de 3 milhões de toneladas previstas para esta safra já foram negociadas com patamares de preços começando em R$ 80,00 e indo até R$ 110,00. Para Chavaglia, a necessidade do mercado por soja é grande e o produtor deve aguardar um pouco para voltar a vender, apostando em novas valorizações.

Confira a entrevista completa com o presidente da Aprosoja SP no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário