HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Lavouras de soja na região da Cotribá no RS vão entrando em enchimento de grãos e prometendo boa produtividade

Publicado em 27/01/2021 15:41 1213 exibições
Celso Leomar Krug - Presidente da Cotribá
Chuvas se normalizaram na região e ajudaram a desenvolver as lavouras que serão colhidas a partir da virada de fevereiro para março, com foco após o dia 10 de março. Até lá, engenheiros agrônomos da cooperativa estão auxiliando os produtores nos manejos contra pragas e doenças

Podcast

Lavouras de soja na região da Cotribá no RS vão entrando em enchimento de grãos e prometendo boa produtividade

Download

LOGO nalogo

A Cotribá (Cooperativa Agrícola Mista General Osório) registrou problemas pontuais durante o inicio da safra de soja 2020/21. Especialmente nas regiões mais ao Sul do Rio Grande do Sul, a estiagem afetou o desenvolvimento das lavouras.

Apesar disso, a situação se regularizou, as chuvas estão normais e o desenvolvimento satisfatório, é o que conta o presidente da Cotribá, Celso Leomar Krug. Agora com a maior parte das lavouras saindo da floração e entrando e enchimento de grãos, a expectativa é superar a produtividade da safra passada, que foi prejudicada pela falta de chuvas.

A colheita deve ter início na virada de fevereiro para março e ganhar força a partir do dia 10 do terceiro mês do ano. Até lá, é importante que o produtor se mantenha atento para as ações de manejo e proteção contra pragas e doenças. Krug destaca que os 40 engenheiros agrônomos da cooperativa estão rodando a região para auxiliar os produtores nessas atividades.

Essa boa projeção de produção se alia as ótimas condições de mercado para a oleaginosa e deixam os agricultores esperançosos para um ano rentável. Até aqui, a Cotribá já negociou entre 30 e 35% da produção esperada com preços menores do que os atuais, mas ainda assim vantajosos, e agora encontra valores ao redor dos R$ 135,00 para maio/junho.

O grande problema na área de abrangência da cooperativa ficou mesmo por conta da safra de milho verão. A liderança conta que o cereal é plantado ainda em agosto e por isso enfrentou um longo período de estiagem no final de 2020. Agora, as produtividades colhidas estão de 30 a 40% menores do que as consideradas normais.

Confira a entrevista completa com o presidente da Cotribá no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário