Secas atípicas sobre produtividade decadente justificam a irrigação plena da cana, com investimentos pagos à média de 130 t/ha

Publicado em 27/02/2019 17:24
364 exibições
A seca prolongada de 2018, até novembro, mais a de dezembro e janeiro, aliada ao calor intenso, mostram que a irrigação deveria ser parte integrante do conjunto de tecnologias do setor. Mas o setor ainda tem muita "cabeça de sequeiro". Os altos investimentos em grandes áreas não pode ser visto como fatores de impedimento na relação com os resultados obtidos, inclusive mitigando custos na adubação sem compactação de solo.
Fernando Tangerino - Professor da UNESP Ilha Solteira

Podcast

Entrevista com Fernando Tangerino - Professor da UNESP Ilha Solteira sobre a Irrigação na cana de açúcar

Download

 

A equipe da Área de Hidráulica e Irrigação do Campus da Unesp/Ilha Solteira, produz diariamente áudios dando dicas e orientações sobre irrigação. Para acessar: http://podcast.unesp.br/podirrigar 

 

Por: Giovanni Lorenzon
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário