BOI GORDO: Mercado pressionado e com poucos negócios realizados

Publicado em 18/05/2012 17:08 1037 exibições
Alex Santos Lopes da Silva
zootecnista
Scot Consultoria

Mercado pressionado e com poucos negócios realizados.

As escalas de abate das indústrias aumentaram o que permite pressionar as cotações da arroba. Em São Paulo, existem frigoríficos com programações completas para sete dias.

Com o dia de ritmo lento para os negócios, e diante de uma situação onde a necessidade de compra é pequena, os compradores testam o mercado e ofertam até R$91,00/@, à vista, no estado.

Apesar disso, a referência é R$93,00/@, nas mesmas condições.

A disponibilidade de animais terminados em todo o país é boa em função do final da safra. O frio prejudica ainda mais o capim, e colabora com a redução na capacidade suporte das pastagens.

Mesmo no norte do país, onde era mais difícil encontrar boiadas terminadas, atualmente as indústrias já encontram maior disponibilidade de boi gordo.

Com isto, a referência teve queda no norte do Tocantins e em Rondônia.

O consumo ruim de carne bovina é outro fator que ajuda a pressionar as cotações da arroba.

No mercado atacadista houve queda de preço para todas as peças.

Clique aqui e confira as cotações do boi.

Fonte:
Scot Consultoria

0 comentário