BOI: Indústrias conseguem alongar as escalas de abate

Publicado em 21/09/2012 16:51 1022 exibições
Douglas Coelho de Oliveira
zootecnista
Scot Consultoria



Programações de abate menos apertadas.

Em São Paulo, a referência para o boi gordo está em R$97,00/@, à vista, e R$98,50/@, a prazo, porém preços acima da referência aparecem com menor frequência.

Nos últimos dias, boa parte das indústrias no estado conseguiu alongar as escalas de abate, que atendem, em média, cinco dias úteis.

Há frigoríficos fora das compras, o que diminui o ritmo dos negócios.

No Triângulo Mineiro, as indústrias que possuem animais a termo estão com as escalas confortáveis. Para as que não utilizam esta estratégia, houve pouca evolução nas programações.

As condições ruins das pastagens no Norte do país conferem firmeza para a arroba em algumas praças, como Rondônia, sul do Tocantins e Marabá, no Pará.

No mercado atacadista de carne com osso, a demanda fraca gerou recuo.

O boi casado de animais castrados é negociado por R$6,46/kg. A queda acumulada nesta semana foi de 6,1%.

Clique aqui e confira as cotações do boi.

Fonte:
Scot Consultoria

0 comentário