Boi Gordo: Frigoríficos tentam pagar menos, mas oferta restrita não permite

Publicado em 07/05/2014 17:00 e atualizado em 07/05/2014 17:53 722 exibições

Alex Santos Lopes da Silva
zootecnista
Scot Consultoria

 

Mercado disputado, com os frigoríficos tentando pagar menos pela arroba ao mesmo tempo em que a oferta restrita não permite redução na referência de preços. 

Em São Paulo, existem indústrias ofertando R$120,00/@, à vista, algumas fora das compras, com escalas acima de uma semana e outros compradores realizando negócios em R$125,00/@, nas mesmas condições. 

As programações de abate mais longas são feitas mediante pagamentos maiores ou compra em estados vizinhos.

A estabilidade na maioria das praças demonstra a dificuldade dos frigoríficos em conseguir reduzir o preço da arroba.

A entrega mais volumosa de boiadas, que sazonalmente ocorre em maio, não dá sinais de estar ocorrendo. 

Em Mato Grosso e em Goiás, são comuns compras realizadas por preços acima da referência.

No mercado atacadista de carne bovina, preço estáveis. O período de melhores vendas do mês não impactou os preços.

Clique aqui e confira as cotações do boi

Fonte:
Scot Consultoria

0 comentário