Boi: Menor oferta de animais limita pressão de baixa sobre as cotações

Publicado em 31/07/2014 17:00 e atualizado em 31/07/2014 17:46 591 exibições

Maisa Módolo Vicentin
engenheira agrônoma
Scot Consultoria

 

Mercado sem alterações em São Paulo.

As programações de abate estão completas nos próximos cinco dias úteis, em média. 

Algumas indústrias estão com escalas mais longas, principalmente as que trabalham com contratações a termo e as que possuem confinamento próprio.

Porém, a oferta não é abundante e impede que as cotações caiam com expressividade. 

A pressão baixista, que prevalecia nas últimas semanas, dá sinais de ter perdido força. Algumas praças pecuárias apresentam oferta mais restrita de animais, o que levou a alta nos preços. 

No mercado atacadista de carne bovina com osso, o boi casado de animais castrados está cotado em R$7,59 o quilo, alta semanal de 2,5%.

A melhora do escoamento da produção nos últimos dias favoreceu a recuperação de parte da margem do frigorífico que não realiza desossa, que passou de 17,8% para 20,1% em sete dias.

Clique AQUI e confira as cotações do boi

Fonte:
Scot Consultoria

0 comentário